Mulher

Você tem usado sutiã mais de duas vezes sem lavar? Você pode estar criando uma cultura de bactérias e fungos no seu corpo

Alguns objetos são fontes de muitas bactérias que muitas pessoas sequer imaginam. Talvez muito já tenha se falado sobre bolsas e celulares, que devem ser higienizados com frequência por estarem mais expostos. Mas até mesmo peças íntimas como o sutiã devem receber atenção. Embora você seja uma pessoa limpa, que tome pelo menos dois banhos por dia, use desodorantes e hidratantes corporais, o sutiã que você usa não deve ser usados repetidas vezes sem lavar. O sutiã é uma lingerie que mantem a pele abafada o que acaba criando um ambiente propício para proliferação de bactérias e fungos.

A explicação para isso é simples: as axilas e o busto são áreas do corpo em que a temperatura é mais elevada corpo que abrigam diversos tipos de bactérias e fungos que se proliferam com o suor. Em mulheres com seios muito grandes é possível que o roçar das mamas contra a pele irrite e leve a pequenas lesões onde bactérias podem entrar. As proliferações fúngicas afetam as mulheres na dobra da pele entre os seios e peito. Esta erupção deixa uma sensação muito desconfortável, com coceira constante ou crises de coceira intensa. Se um sutiã estiver contaminado, irá piorar a situação e pode acabar desencadeando uma infecção grave.


Os sutiãs escuros e de lycra são os piores, estes sim devem ser trocados e lavados a cada uso, pois além de não deixarem a pele respirar ainda  faz com que a região dos seios seja ideal para que o fungo prospere e se espalhe.

sutiã

 Fonte: saude-info/mundodastribos      
     Imagens: vcbela/ moda

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo