Curiosidades

Você não vai acreditar, mas esta árvore que produz 40 tipos de frutos diferentes

Você não vai acreditar, mas esta árvore que produz 40 tipos de frutos diferentes
Esse texto foi útil para você?

Parece coisa de ficção cientifica, mas o artista Sam Van Aken realmente conseguiu fazer essa arte incrível. Nascido em uma fazenda na Pensilvânia, Akem atualmente é professor de arte da Universidade de Syracuse nos EUA, e conseguiu produzir uma árvore que gera 40 frutos diferentes.

Tudo começou em 2008 quando o professor soube que um pomar na Estação Experimental Agrícola do Estado de Nova York estava sendo vendido por falta de financiamento. Tal pomar tinha árvores de 150 a 200 anos e para não perder essa diversidade histórica decidiu comprá-lo. Após isso ficou dois anos aprendendo sobre enxerto.


Van Aken observou e registrou a época que cada fruto florescia em relação aos outros e a partir daí começou a enxertar alguns em sua árvore. Ele usou a técnica chamada chip de enxertia, no qual adiciona-se brotos de outras espécies em diferentes galhos da árvore de trabalho, caso toda a técnica seja realizada corretamente o galho crescerá como se fosse um ramo originário da árvore trabalho. Cinco anos depois Aken finalmente conseguiu obter a árvore de vários frutos.

Quando não está florida a árvore não parece ter nada de incomum, porém quando começa a época da floração aparecem várias flores de diferentes formatos e cores e em seguidas os frutos. Como cada fruto floresce em seu tempo a árvore produz de julho a outubro. Dentre os 40 frutos gerados estão ameixas, pêssegos, damascos, nectarinas, cerejas e amêndoas.

samvanaken4

Essa árvore não é só bela e uma interessante criação, como também é uma importante forma de salvar a biodiversidade dessas frutas. Até 2014, Akem já havia produzidos 16 exemplares de sua árvore plantadas em museus, centro comunitários e coleções de arte privada nos Estados Unidos. Ele ainda pretende criar um pomar só com a árvore de 40 frutos.

samvanaken5

Fonte: sciencealert/wikihow/treehugger           Imagens: sciencealert/mymodernmet

Comentários

Novidades

Topo