Anomalias e doenças

Você não vai acreditar em quantas doenças você pode descobrir simplesmente observando o aspecto das suas unhas!

É possível avaliar o estado de saúde geral através da observação das características das unhas, pois a maior parte dos problemas de saúde graves são capazes de alterar seu processo de crescimento e desenvolvimento. Assim, para avaliar a saúde através das unhas o mais importante é manter a unha sem qualquer tipo de verniz, pois é a única forma de avaliar corretamente todas as características da unha, como cor, brilho, forma e textura, por exemplo. Caso seja possível identificar alterações nas características normais das unhas é recomendado consultar um dermatologista ou clínico geral para fazer o diagnóstico do problema e iniciar o tratamento adequado.

Para garantir o fortalecimento das unhas, os dermatologistas recomendam a inclusão de nutrientes na alimentação, como carne vermelha e verduras de folhas escuras como o agrião, couve e brócolis. No caso da mulheres, também é importante deixar as unhas sem esmalte por um período, para que consigam obter uma hidratação ideal. Segundo a especialista, existem no mercado cápsulas de reposição nutricional e fortalecedores de unhas que podem ajudar na resolução do quadro.

1- Unhas quebradiças

unhas-quebradiças2

As unhas quebradiças geralmente apresentam escamação na ponta da unha, quebra com facilidade e dificuldade das unhas para crescer. Na maioria dos casos, são decorrentes de alterações e carências do organismo, principalmente de vitamina A, ferro  e zinco. Quem apresenta hipotireoidismo, uma doença causada por níveis baixos de hormônio tireoidiano, também pode ter as unhas finas e frágeis. Pessoas com Síndrome de Raynaud, uma doença que afeta as artérias dos braços e das pernas e doenças de pele como psoríase, dermatite atópica e eczemas em geral.  Ainda há o fato de as unhas tornarem-se quebradiças devido à falta de hidratação da lâmina ungueal, caso de pessoas que não removem o esmalte por alguns dias da semana.

2- Unhas brancas

unhas-brancas_mini

Unhas brancas podem indicar problemas no fígado, como a hepatite. Pode ser sinal também de cirrose hepática ou redução do suprimento de sangue para o leito ungueal, conhecido como “Unhas de Terry”. As unhas de Terry são completamente brancas com as pontas vermelhas ou escuras e podem ser causadas por várias doenças como diabetes, anemia ferropriva, que consiste em um número reduzido de células vermelhas causado pela falta de ferro no sangue e hipertireoidismo. Além disso, pessoas que estão em tratamento de quimioterapia também apresentam este sintoma.

3- Unhas amarelas

unhas-amarelas_mini

Uma das causas mais comuns de unhas amarelas é uma infecção fúngica. Quanto a infecção se agrava, pode retrair e suas unhas podem engrossar e até cair. Outro motivo para as unhas ficarem amareladas, e que é o grande dilema de várias mulheres, é após a retirada de esmaltes vermelhos. Além disso, as unhas podem estar precisando de uma “folga” caso você pinte toda semana. Isso também faz com que elas acabem ficando um amareladas.  No entanto, em casos raros, unhas amarelas ou com manchas amarelas, podem ser sinônimo de diversos problemas de saúde. Entre eles estão: doenças renais, doenças hepáticas, ou até mesmo algum tipo de doença respiratória.

4- Linhas horizontais

Muehrckes_lines

Linhas de Muehrcke aparecem como pares de linhas brancas transversais estendendo horizontalmente em toda a unha, paralela da Lúnula. Esses sulcos são causados por uma anormalidade vascular em leito ungueal e desaparecem temporariamente quando o prego é pressionado. Linhas de Muehrcke não ocorrem no leito ungueal, portanto, eles não serão movidos com o crescimento das unhas. Essas linhas da unha são prevalente em pacientes com níveis baixos de albumina, doença nos rins ou fígado e desnutrição.

 5- Linha horizontal única que se movimenta com o crescimento da unha

unha-de-mee

Linhas de Mee são bandas horizontais, brancas em várias unhas causadas por envenenamento arsênico ou, raramente, doenças sistêmicas graves. A largura dessas linhas de unha pode variar. Como o leito ungueal propriamente dito não é afetado, linhas de Mee movimentar mais à medida que a unha cresce.

6- Linhas verticais escuras

linha-escura

Conhecida como melanoníquia estriada. Trata-se de uma pigmentação anormal que vai da base até a ponta da unha. Ela forma uma linha que pode ser castanha ou cinza. Na maioria das vezes o agente causador é benigno, ou seja, o problema é fácil de ser tratado. Mas a mancha também pode estar relacionada a uma lesão cancerígena, por isso é fundamental que o médico avalie e, se for o caso, descarte essa possibilidade. A linha escura na unha surge por dois motivos: pelo aumento da produção de melanina na matriz da unha (estrutura que produz a unha e fica logo antes da base dela) ou pela proliferação de melanócitos, as células que produzem melanina. As causas podem ser infecção por fungo, batida na região, Medicações como o antibiótico minociclina e o AZT, usado para tratar HIV, doenças intestinais ou até mesmo câncer de pele.

7- Manchinhas brancas na unha

manchas-brancas-unhas

Esta condição é conhecida  leuconíquia e o surgimento se dá como o resultado de “micro-quebradinhos” que acontecem na base da unha (matriz), que favorecem a formação de pequenas bolsas  de ar e então, surgem as manchas brancas. Existem condições do nosso dia a dia que tornam as unhas mais frágeis e, portanto, mais suscetíveis ao aparecimento dessas manchas:  contato com água quente, o uso frequente de produtos químicos agressivos, o uso da unha como alavanca para abrir recipientes por exemplo, esforço exagerado para cortar a unha. As manchas brancas causadas por atrito e choque não requerem a ajuda de um dermatologista, pois, como a unha cresce e as manchas vão saindo devagar.

8- Unhas azuladas

unhas-azuladas

As unhas azuladas, geralmente, são sinal de falta de oxigenação da ponta dos dedos e, por isso, são um sintomas normal quando se está num ambiente frio, por exemplo. Porém, se a cor azul surgir em outros momentos pode indicar problemas circulatórios, respiratórios ou cardíacos. É recomendado consultar um dermatologista ou cardiologista caso o problema apareça frequentemente, demore para desaparecer ou surjam outros sintomas. Veja quais os sintomas a estar atento em: Sintomas de doença do coração.

9- Manchas esverdeadas ou amareladas

Onicomicose

A onicomicose é uma infecção nas unhas, causada por fungos, que se alimentam da queratina, proteína que forma a maior parte das unhas. As unhas dos pés são as mais afetadas por enfrentarem ambientes úmidos, escuros e quentes com maior frequência do que as mãos. Esse ambiente é considerado ideal para o crescimento dos fungos. Forma mais frequente em que a unha se descola, geralmente iniciando pelos cantos. O espaço fica oco, podendo acumular restos de queratina e bactérias, além dos fungos. O aspecto fica amarelado ou esverdeado.

 Fontes: corpoacorpo/derme/beleza/bolsademulher/bembeneficios      Imagens: pausaparaomake/beleza/imgarcade/abimelec/dermis
Comentários

Novidades

Topo