Sua saúde

Assista ao vídeo e veja como é feita a cirurgia de vasectomia.

Vasectomia: como é feita? Vantagens e desvantagens. Vídeo da cirurgia

Assista ao vídeo e veja como é feita a cirurgia de vasectomia.
4.3 (85%) 4 votes

Como é feita a vasectomia ? Ela é 100% segura? Quais são as vantagens e desvantagens? Posso reverter, se voltar atrás e quiser ter filhos? Vocês tem um vídeo da cirurgia? ( Ricardo José)

Vasectomia ou deferentectomia é um procedimento cirúrgico que interrompe a circulação dos espermatozoides produzidos pelos testículos e conduzidos através do epidídimo (tubo em forma de novelo que se localiza na parte superior dos testículos) para os canais deferentes que desembocam na uretra.




Vantagens

É um procedimento bastante e praticamente sem dor. Há um pequeno desconforto na região e isso dura somente 2 ou 3 dias.

 É considerado o método contraceptivo mais seguro. Mas é importante que se esteja certo da vontade de não ter filhos ou mais filhos.

As relações sexuais são normais, inclusive o volume ejaculado, a capacidade de ereção, o desejo sexual. Enfim nada muda, nesse sentido.



Pode retomar a sua vida sexual no máximo em uma semana, com o aval do cirurgião. Geralmente, será pedido que nas primeiras relações sexuais se use camisinha. Isso porque, os espermatozoides que já tiveram passado pelos canais deferentes sejam expelidos.

Desvantagens

A cirurgia não protege contra Doenças Sexualmente Transmissíveis.



Homens que têm problemas de coagulação, não pode fazer vasectomia.

Até pelo menos 4 meses, será necessário o uso de um método contraceptivo adicional para evitar gravidez.

A reversão desta cirurgia consiste no médico tentar reconstruir o canal deferente, no entanto trata-se de um procedimento que não é 100% eficaz e que é caro.

Assim como qualquer cirurgia, existe também o risco de infecções.

Como é feita?

O procedimento em si leva uns 20 minutos, mas com a consulta médica, a preparação e o preenchimento de papeleta leva-se cerca de uma hora até a conclusão do processo. O indivíduo não precisa estar em jejum. Na sala de cirurgia, é feita uma pequena infiltração local com anestésico e uma incisão de 1cm em cada lado do saco escrotal. O maior desconforto que o paciente experimenta é quando o médico isola os deferentes, canais que levam os espermatozoides do epidídimo para a uretra e anestesia de novo. A seguir, corta-se o deferente, interpõe-se tecido conjuntivo entre os dois pontos para não recanalizar e fecha-se a incisão. Pronto. O indivíduo está liberado para voltar para casa. Muitos saem do hospital e vão direto para o trabalho sem problema.

Assista ao vídeo

Reversão da vasectomia

A reversão da vasectomia é um ato tecnicamente viável e possível. Se a reversão for feita três ou quatro anos depois da vasectomia, em 90% dos casos o espermograma é bom e, em 70% existe a chance de a mulher engravidar.   A média de preços praticada no mercado por essa cirurgia é de R$ 1 mil a R$ 3 mil. O valor vai depender do médico e do hospital escolhido. Mas o SUS  – Sistema Único de Saúde – disponibiliza gratuitamente esse serviço. Candidatos devem ter, no mínimo, 25 anos e dois filhos.

Fontes: g1vasectomiadrauziovarellagineco

Topo