Sua saúde

Se você perceber uma mancha vermelha em forma de alvo na pele, procure um médico imediatamente!

A doença de Lyme ou borreliose de Lyme  é uma moléstia bacteriana, causada pela bactéria Borrelia burgdorferi transmitida geralmente pela picada do carrapato da espécie Ixodes ricinus infectado. No Brasil existe uma forma similar da doença chamada de Borreliose humana brasileira , na qual o carrapato vetor é o Amblyoma cajennense (famoso carrapato-estrela).

Na maioria das pessoas, o primeiro sintoma da doença de Lyme é uma erupção vermelha conhecida como eritema migratório. A erupção começa como uma pequena mancha vermelha no local da picada do carrapato. Esta erupção espalha ao longo de um período de dias ou semanas, a formação de um precipitado circular ou oval. A erupção, que pode variar desde o tamanho de uma moeda de toda a largura da parte traseira de uma pessoa, é exibida após as primeiras semanas de uma mordedura da carraça e normalmente ocorre no local da picada. Como a infecção se espalha, erupções podem aparecer em diferentes locais do corpo.


Amblyoma-cajennense

Sintomas e tratamento

Percebendo a presença do “alvo de tiro” vermelho na pele, procure imediatamente um médico, pois em estágios avançados, a doença pode causar manifestações musculoesqueléticas, artríticas, neurológicas, psiquiátricas e cardíacas. Mulheres grávidas infectadas  podem levar à infecção do feto através da placenta e causar possível morte fetal. Logo após a picada do carrapato a pessoa apresenta sintomas que é como se tivesse contraído uma forte gripe, outro sintoma bastante comum.

A doença de Lyme pode afetar o sistema nervoso, causando sintomas como rigidez na nuca e dor de cabeça grave (meningite) , paralisia temporária dos músculos faciais (paralisia de Bell) , dormência, dor ou fraqueza nos membros ou perda de coordenação motor.

A principal abordagem para tratar doença de Lyme é o uso de antibióticos, que pode ser ministrado tanto de forma oral quanto intravenosa, em doses que deverão ser decididas pelo médico.

lyme-disease-rash

open-uri20120928-16068-1qglkmh

Fontes: sososcienceLyme/ossintomas/minhavida    Imagens: healthtap/
wikihow/sososcience Sugestão do leitor: Dyone Sousa

 


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo