Comportamento

Saiba prever uma traição! Cientistas afirmam que parceiros ficam mais positivos e menos educados.

Ser traído não é nada fácil, principalmente quando essa traição vem de pessoas que mais amamos nessa vida! Num relacionado de casais a traição pode ser o ponto final de uma vida inteira juntos e proporcionar os piores dias da vida de uma pessoa. A traição é sinônimo de covardia, falta de respeito, mentiras e um mau caráter extremo da pessoa que a pratica, sem falar que abala os sentimentos da pessoa traída!

E se você pudesse prever uma traição prestes a acontecer? Isso seria incrível e evitaria toda decepção e angústia entre os parceiros e até entre amigos. Pois acredite, pesquisadores da Universidade de Cornell, Universidade de Maryland e da Universidade do Colorado, ambas dos Estados Unidos, desenvolveram um tipo de algoritmo através de jogos on-line para identificar o quanto as pessoas são capazes de trair seus parceiros ou amigos e encontraram que há realmente uma série de pistas lingüísticas (palavras) que podem prever quando uma traição estiver prestes a acontecer… Isso é incrível! (Que tal usar no seu namorado ou namorada?! Brincadeira…rsrsrs).

O fato é que o ser humano não consegue definir bem quando uma pessoa está prestes a trair, mesmo que consiga perceber algumas características diferentes no traidor, somos deficientes para conseguir entender a mente daqueles que nos traem, mas para o computador esse trabalho é muito mais fácil e consegue identificar de fato o quanto ele está mentindo a ponto de trair na maior cara de pau perante cada um de nós e a característica principal está associada a sua forma de falar, ou seja, a sua linguagem, diz Cristian Mizil professor de ciência da informação da Universidade de Cornell, onde afirma que a linguagem é um fator de sinalização para uma traição.

Qual-melhor-programa-para-fazer-após-uma-traição

A pesquisa foi baseada num jogo on-line chamado de Diplomacia que também existe na versão de tabuleiros, na qual os jogadores assumem os papéis de nações européias antes da 1º Guerra Mundial com o objetivo de conquistar todo o mapa. Nesse jogo, os participantes tendem a formar alianças para derrotar os mais fracos e isolados e com isso tentar ir adiante. Todavia, o objetivo final é governar sozinho, ou seja, no final os aliados terão que trair seus “amigos” para conseguir governar todo o território. Então, os pesquisadores analisaram um conjunto de dados de 145.000 mensagens entre os jogadores em 249 jogos de Diplomacia on-line e verificaram os pares e grupos onde o “bom relacionamento” acabou após uma traição para garantir a vitória no jogo, ou seja, foram comparadas as palavras utilizadas, teor da conversa, análise de propostas no jogo e momento exato da traição para garantir a conquista. Com isso, foi possível verificar através do algoritmo que há um sentimento de positivo e negativo envolvido no jogo e que cordialidade e conceitos de planejamento são pontos chaves para realizar uma traição. Palavras chaves em destaque, como: “próxima”, “então”, “eu acredito”, “eu penso”, “ainda”, “enquanto”, “tanto quanto” e “depois” foram fundamentais para que o jogador realizasse suas estratégias de traição e garantisse a vitória.

Os cientistas afirmaram também que o resultado da pesquisa não garante evitar uma traição entre casais ou amigos e que isso pode variar muito entre as pessoas, mas concordam que é uma ferramenta para ajudar grupos a trabalhar melhor em equipe! Além disso, os resultados mostraram que enquanto os traídos utilizavam palavras de planejamento e estratégias, os traidores realizavam palavras de positividade, porém menos educadas para favorecer nas jogadas indicando mais ainda que as pessoas traídas não percebem o quanto o traidor está prestes a apunhalar pelas costas. Portanto, fique alerta!

traição-no-ralacionamento

Fontes: dailymail/dn/vyaestelar  Imagens: donagiraffa/ donagiraffa

 

Comentários

Novidades

Topo