Anomalias e doenças

Por essa você não esperava! Sentar com a carteira no bolso de trás da calça pode comprometer seriamente sua saúde

Dinheiro, cartão de crédito, talão de cheques, camisinha e tantas outras coisas recheiam a carteira dos homens. E ainda podemos dizer que a maioria deles usam suas carteiras no bolso da calça ou bermuda o dia inteiro e elas só saem dali quando são manipuladas. Isso é algo que não se presta atenção diariamente, mas pode produzir múltiplos problemas da coluna, especialmente para aqueles que ficam muitas horas sentados.  Os fisioterapeutas tem alertado que sentar com a carteira no bolso de trás da calça está desencadeando problemas graves de coluna dos homens e esta é uma das causas da procura masculina aos consultórios.

Com tempo, este hábito inadequado tende a desenvolver incômodos que evoluem para um desalinhamento do quadril. Isso provoca uma curvatura errada na coluna. A carteira pressiona os músculos do glúteo, principalmente o piriforme, causando em muitos casos inflamação, uma vez que tal musculatura pressionada comprime o nervo ciático (síndrome do piriforme). Há também, alteração na simetria causada por um aumento da carga na articulação sacro-ilíaca (junção da coluna vertebral com o quadril), alteração no alinhamento do quadril e desvios da coluna (escoliose).

A carteira funciona como uma cunha que força a pélvis, coluna e corpo para fora do alinhamento. Qualquer um que leva mais de meia hora sentado em uma carteira é um candidato para a dor ciática ou nas costas. O desconforto, caracterizado por dor no glúteo, formigamento, dormência, agulhadas, choques, queimação ou pontadas localiza-se normalmente na face póstero-lateral na coxa, podendo, algumas vezes ir até o pé.

Portanto, cuidado. Ao sentar tire a carteira do bolso!

carteira

Relato de caso

O especialista do ITC Vertebral Ribeirão Preto cita um exemplo de um paciente tratado com o método de reeducação postural global (RPG). “Ele tinha muita dor na região lombar e apresentava um desvio lateral da coluna bem visível. Após algumas consultas, a dor desapareceu porque o desvio da coluna foi significativamente melhorado. Contudo, após alguns meses, o paciente voltou à clínica com as queixas iniciais. Ele se sentava com frequência com a carteira no bolso de trás da calça, o que causava um desequilíbrio de toda a coluna, ao ponto de todo o tratamento de correção da postura feito anteriormente ser progressivamente destruído por esse mau hábito”, diz.

carteira-pare-de-sentar-no-problema

Fonte: kenkopatto/ne10/fisioterapiamirelaporto       Imagens: tribunaribeirao/ne10
Comentários

Novidades

Topo