Comportamento

Nova droga sintética faz usuários correrem pelados e tentarem fazer sexo com árvores

Nova droga sintética faz usuários correrem pelados e tentarem fazer sexo com árvores
Esse texto foi útil para você?

Para você que achou o título exagerado, saiba que esta droga faz muito mais do que foi dito. A droga tem o nome de catinona alpha-PVP, mas tem sido chamada popularmente de Flakka. Como toda droga age na  química do cérebro, fazendo com que o usuário não tenha domínio de seus pensamentos ou ações.

A substância já foi proibida nos Estados Unidos, ainda assim, por ser barata e acessível, continua circulando tranquilamente pelo país. Como os casos que chegam ao público ainda são escassos, não há informações o suficiente sobre os efeitos da substância. Além de gerar problemas cardíacos, agressividade e paranoia, seu consumo pode levar à psicose. A temperatura corporal pode subir para 40°C as pessoas rasgam suas roupas, algumas acreditam que o corpo está pegando fogo, vão às ruas convencidas de que estão sendo perseguidas Um homem tentou quebrar a porta da sede da polícia a chutes, outro correu nu pela rua fugindo de cães imaginários, dezenas morreram durante os “ataques alucinógenos”. Outro claramente tentou “copular” com uma árvore.


Vendida em sites chineses e enviada pelo correio

Conhecida como “loucura a 5 dólares” pelo custo de uma dose, a flakka é um poderoso e viciante estimulante produzido na China, semelhante aos sais de banho. Normalmente fumada mas também injetada ou inalada.

Esta droga, cujo nome vem da palavra espanhola magra, pode ser obtida em sites chineses, mascarados como sais de banho por US$ 1.500 o quilo e vem da China em pequenas remessas por correio, que fornecedores locais se encarregam de distribuir.

flakka_00000

Fonte: businessinsiderg1/revistagalileu/  Imagens: businessinsider/revistagalileu

Comentários

Novidades

Topo