Curiosidades

O que aconteceria se uma mulher tomasse Viagra® masculino?

O que aconteceria se uma mulher tomasse Viagra® masculino?
5 (100%) 2 votes

“O que aconteceria se uma mulher tomasse Viagra?” (Geovanno Franca)

Geovanno, sua pergunta é bastante curiosa e gera dúvidas entre várias pessoas que compram Viagra na tentativa de melhorar seu desempenho sexual, mas não é bem assim! O Viagra não é um estimulante sexual, como muitas pessoas pensam, na verdade, o Viagra é um fármaco utilizado para a disfunção erétil no homem, ou seja, impotência sexual. Neste caso, ele é utilizado para favorecer uma boa circulação sanguínea nos tecidos que formam a genitália masculina, deixando erétil por mais tempo e consequentemente levando mais sangue para o genital.


Esse medicamento foi criado tendo como base a estrutura do genital masculino, ou seja, seu mecanismo de ação é todo voltado para os tecidos que o compõe e por isso funciona adequadamente nestas estruturas. A genitália feminina é bem diferente da masculina e apresenta estruturas diferenciadas, ou seja, o Viagra não vai funcionar como o esperado e não terá o benefício sexual para elas. Na verdade, o que pode ocorrer em alguns casos é apenas uma reação psicológica dessas mulheres que acham que terão algum benefício utilizando o medicamento e acabam tendo algum resultado positivo.

Todavia, alguns cientistas demonstraram em suas pesquisas que o Viagra pode melhorar o prazer sexual feminino em determinados momentos, diz a ginecologista Ana Lúcia Cavalcanti em sua tese de doutorado da Universidade de São Paulo. Ela demonstrou em sua pesquisa que apesar de estruturas diferentes, ambos genitais apresentam excitação onde há maior fluxo sanguíneo e que por isso o Viagra agiria como um vasodilatador, aumentando a circulação, sensibilidade no clitóris, proporcionando intensidade do prazer. O resultado de sua pesquisa foi que 99,9% das mulheres, na faixa etária entre 49 a 59 anos, que tomaram Viagra todos os dias antes das relações sexuais tiveram um aumento da lubrificação vaginal e 68,9% afirmaram intensidade e sensibilidade maior.

11414665_1026573547383089_681858619_n

Isso implica dizer que apesar do medicamento ter sido criado pensando, exclusivamente, no homem, pesquisadores mostram que pode funcionar como uma espécie de auxílio para mulheres no período da menopausa e/ou que estão em depressão. Lembrando que o Viagra não traz excitação e nem estimula as pessoas para que tenha interesse no parceiro (a), ele apenas age na circulação sanguínea dessas pessoas melhorando, no caso dos homens, a função erétil e no caso das mulheres, aumentando a lubrificação e fatores relacionados ao psicológico delas. Portanto, o Viagra pode até funcionar de uma forma benéfica para mulher, porém a estimulação e a vontade sexual vão depender muito mais pelo envolvimento e relacionamento com o parceiro (a) e seu bem-estar naquele momento.

viagra

Fontes: cienciahoje/hypescience/cliu Imagens: Stuff/acidezfeminina/restainosiler

Comentários

Novidades

Topo