Sua saúde

Menina nasceu com a boca colada e faz cirurgia para conseguir comer e falar pela primeira vez!

Menina nasceu com a boca colada e faz cirurgia para conseguir comer e falar pela primeira vez!
Esse texto foi útil para você?

Uma menina chamada Ametista Santos, que mora em Manila nas Filipinas, nasceu com uma deformação em sua mandíbula que consequentemente deixou sua boca colada desde o seu nascimento o que gerou uma série de complicações, além disso, a menina ainda nasceu sem os seus braços e pernas. Na verdade, Ametista foi diagnosticada com uma síndrome chamada de Hipogênese dos membros oromandibulares que se caracteriza por uma anomalia que afeta a mandíbula, língua e maxilar e sua origem genética ainda é incerta.

Ametista nasceu sem a abertura de sua boca, ou seja, estava colada e por isso não poderia falar e nem comer, seus maxilares superiores e inferiores se fundiram e sua mandíbula era subdesenvolvida. Então, desde o seu nascimento ela foi alimentada por um tubo gástrico nasal que tinha uma função fundamental: sua sobrevivência! A menina, agora com três anos de idade, foi submetida a uma cirurgia no Centro Médico da Criança nas Filipinas em Cidade Quezon, onde foi acompanhada pelo Dr. Taps Gurango, cirurgião plástico, desde o seu nascimento.


Quando Ametista ficou sabendo pela sua mãe que iria fazer uma cirurgia e que sua boca seria aberta e que ela poderia comer e tomar sorvete, ela não teve uma reação diferente das demais crianças, ficou irradiante de alegria e ainda “bateu palmas” de felicidade. Os pais de Ametista aguardavam esta cirurgia há três anos e agora que conseguiram vão fazer de tudo para que sua filha possa comer e falar normalmente. Apesar da sua deficiência, os pais de Ametista sempre amaram e cuidaram da menina com o máximo de atenção e carinho e isso a fez torna-se uma criança alegre, forte, feliz e com muita agilidade, assim como toda criança. Foi assim que após três anos de espera, a cirurgia pode ser realizada e seu maxilar pode ser separado do lábio para que sua boca pudesse ser aberta.

2C6A8AF200000578-3237293-Amethyst_after_her_first_operation_The_pioneering_surgery_separa-m-2_1442499152868

Após oito horas de cirurgia, a boca de Ametista já estava parcialmente aberta e sua recuperação seguiu lentamente no hospital. Alguns meses mais tarde, ela foi submetida a uma segunda cirurgia apenas para reconstruir seu maxilar. Já se passaram dois meses e Ametista segue numa excelente recuperação, mas permanece no hospital em observação. Os pais estão muito felizes e acreditam que sua filha terá uma vida normal. Mas ainda será necessário realizar uma terceira cirurgia para a substituição dos dentes e sua boca seja totalmente aberta para enfim conseguir sentir o sabor dos alimentos e principalmente tomar um delicioso sorvete!

2C6A44C900000578-3237293-image-a-30_1442485444598

Fontes: dailymail/ncbi/medindia   Imagens: dailymail

 


Comentários

Novidades

Topo