Anomalias e doenças

Médico garante que você tem mais chance ter câncer beijando do que fumando. O problema acomete principalmente os jovens

Beijar pode trazer mais riscos de alguém ter câncer do que o consumo de cigarros ou bebidas, é o que garante o Dr. Mahiban Thomas, chefe do setor de Cirurgias Maxilofaciais, de Cabeça e de Pescoço do Hospital Royal Darwin.

A afirmação do médico não é à toa. Ele registrou que o número de pessoas com doenças sexualmente transmissíveis HPV (sigla em inglês para papiloma vírus humano) que buscavam tratamento no setor de oncologia era bastante significativo. Ele acrescenta que a grande quantidade de pessoas com câncer de boca apresentando HPV é uma tendência mundial e os casos tem aumentado em todo o mundo.


Existem mais de 100 tipos de HPV e 13 deles tem potencial oncológico. A grande incidência de HPV cancerígeno pode ser explicado, naquelas pessoas que tem o hábito de beijar vários parceiros e praticar sexo oral com frequência, uma vez que o HPV pode ser transmitido mais facilmente por via oral ou genital. O vírus pode ser transmitido pela saliva com beijo na boca, mas há como se contaminar utilizando o copo de uma pessoa contaminada.

Os cânceres de boca e de garganta estão principalmente relacionados ao consumo excessivo de tabaco e à ingestão frequente de bebidas alcoólicas. Contudo, uma pesquisa realizada no Reino Unido mostrou que 40% dos carcinomas orais detectados lá são ligados diretamente a infecções por HPV. Nos Estados Unidos, 70% dos cânceres de orofaringe (região no fundo da garganta) são relacionados a uma estirpe específica da DST.

beijo na boca cancer

Aqui no Brasil os casos de câncer de amígdala  por HPV cresceu de 25%, registrados há 20 anos para 80%. Em outra pesquisa, os médicos detectaram que 32% dos casos de câncer de boca em jovens adultos eram portadores do vírus.  Em pacientes acima de 50 anos, a presença do vírus foi detectada em apenas 8%. Uma pesquisa Levantamento do Icesp mostra que 30% dos pacientes operados em decorrência de tumores que afetavam a região da cabeça e pescoço, desenvolveram o câncer em decorrência de infecção pelo papiloma vírus humano. O estudo aponta, também, que a grande maioria dos pacientes afetados (70%) é do sexo feminino.

Alguns dos sintomas manifestados por esses tipos de câncer podem ser manchas brancas na boca, dor, lesão com sangramento e cicatrização demorada, nódulo no pescoço presente por mais de duas semanas, mudanças na voz ou rouquidão persistente e dificuldade para engolir.

cancer-de-boca

Fonte: icesp/vida-estilo/megacurioso    Imagens: r7/ estomatologia/ jacarei

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo