Curiosidades

Engenheiro americano jura que não toma banho há 12 anos. Ele se mantém limpo usando um spray à base de bactérias





O engenheiro químico do MIT, o Instituto de Tecnologia de Massachussetts, David Whitlock, decidiu parar de tomar banho. Segundo Whitlock, o ser humano não precisaria de banho. Ele usou a tecnologia para resolver o problema da sujeira corporal. Ele desenvolveu um spray com bactérias que se alimentam do suor e da gordura produzida pelo corpo. Com borrifadinhas em todas as partes do corpo, ele diz estar há 12 anos sem entrar embaixo de um chuveiro ou numa banheira.

A explicação é a seguinte: a nossa pele é coberta de bactérias, mas nem todas fazem mal à saúde, algumas até ajudam. Quando a gente transpira por exemplo, algumas dessas bactérias ditas benéficas transformam a ureia e a amônia vindas do nosso suor em uma outra classe de substâncias: os nitritos. Quando absorvidos pela pele, os nitritos ajudam a circulação sanguínea.


Segundo David, a maioria das pessoas usam sabonetes industrializados que eliminam as bactérias úteis para o nosso organismo. O spray que ele inventou serviria para repor essa falta e de quebra eliminar a ureia e a amônia, as responsáveis pelo mal cheiro. David foi ao extremo: aboliu o sabonete, o shampoo e até o chuveiro. Diz que faz isso em nome da ciência como cobaia do próprio experimento e deixa bem claro que ninguém precisa ser tão radical. Ele diz: “Não estou sugerindo que ninguém passe a deixar de tomar banho. As pessoas podem entrar embaixo do chuveiro sem usar sabonete e depois que sair do banho, borrifar o spray de bactérias no corpo ainda molhado e pronto.” No entanto, o dermatologista Omar Lupi alerta: “Ficar sem tomar banho pode ser perigoso, poeira e sujeiras vão grudando na sua pele e você pode se contaminar com bactérias e fungos que podem causar doenças na pele até doenças internas no seu corpo.”

vakojlm7wyirzkwhscve

Para o criador de spray de bactérias, o excesso de limpeza elimina nossas defesas naturais. Já os dermatologistas afirmam que as bactérias que perdemos durante o banho não fazem falta já que temos bilhões delas no corpo inteiro, como por exemplo no intestino. “A quantidade de bactérias que temos no intestino, é muito maior do que na pele, então não há justificativa para isso” Diz o dermatologista Omar Lupi. Mesmo assim, David está aprimorando cada vez mais o spray de bactérias e já está desenvolvendo o shampoo com o mesmo princípio de limpeza.

DavidWhitlockSpray

Fonte: g1.globo/medicaldaily/dailymail  Imagens: hypeness/gizmodo
Comentários

Novidades

Topo