Anomalias e doenças

Conheça a síndrome estranha em que as pessoas tem o polegar gigante com três falanges

O que estamos acostumados a ver nas mãos são cinco dedos, quatro deles apresentam três falanges e o polegar duas. Mas o que muitas pessoas desconhecem é que existe uma doença congênita em que a pessoa nasce com o polegar contendo três falanges. Nestes casos, o polegar é comprido como os outros dedos, o que dá uma configuração muito estranha na mão do portador desta doença.

Conhecida como Síndrome do Polegar Trifalângico (TPT –  Triphalangeal Thumb), ela apresenta um polegar com o aspecto diferente de um polegar normal. Geralmente, o polegar trifalângico não é “oponível”. Isso quer dizer que diferentes das pessoas que tem o polegar opositor, uma pessoa que sofre de TPT não pode facilmente colocar o seu polegar oposto aos outros quatro dedos da mesma mão. Uma das funções do polegar opositor é formar uma espécie de “pinça” com os outros dedos e com isso pode agarrar as coisas mais facilmente. Então as pessoas que sofrem de TPT tem sérios problemas de mobilidade e funcionalidade nas mãos.


As malformações das extremidades superiores podem ocorrer do terceiro à sétima semana embrionária. Em alguns casos a TPT é hereditária. Nestes casos existe uma mutação no cromossomo 7q36. Quando a malformação é hereditária, ela é herdada de forma autossômica dominante.

trifalangica

Tratamento

O tratamento é cirúrgico com amputação da falange média, tomando-se todo cuidado com o pedículo vásculo nervoso.  A redução do comprimento do polegar, cria um bom funcionamento do mesmo, dá estabilidade melhorando a desempenho da mão e do polegar. A vantagem adicional da cirurgia é sem dúvida a melhora estética que ela proporciona. Normalmente os médicos optam por fazer o tratamento assim que o bebê nasce e por isso não vemos tantos casos de pessoas crescidas com este problema.

GMxHK3g

Fonte: Triphalangeal_thumbncbi  
Imagens: indianpediatrics/reddit

 


Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo