Após traumatismo craniano, essa mulher se tornou um gênio da arte, poesia e matemática!

Quedas na maioria dos casos são acidentes no qual são evitadas por dois motivos, passar vergonha e o mais sério deles, resultar em algum tipo de lesão grave e prejudicial que pode não ter concerto. Mas por algum golpe de sorte, ou não, a queda de Leigh Erceg de 47 anos em 2009 resultou em algo anormal. Embora ela não possa mais se lembrar de sua vida antes do tombo devido a uma lesão cerebral e fazer coisas como reconhecer sua própria mãe, essa lesão também trouxe algumas coisas positivas para Erceg pois depois dele ela se tornou uma pessoa muito mais inteligente.

Aos 47 anos ela se tornou uma artista, com dons para a poesia e também para a matemática. Após o acidente Ecerg também ganhou uma capacidade muito peculiar pois ela conseguiu a “ver” som e “ouvir” as cores, isso tudo porque após o trauma ela adquiriu uma doença rara a sindrome de Savant , também conhecida como síndrome do sábio e a sinestesia.

A sindrome de Savant é uma condição raríssima que normalmente vem acompanhada de algum tipo de distúrbio mental. Pessoas com essa síndrome conseguem fazer coisas extraordinárias como por exemplo ler duas páginas de um livro ao mesmo tempo, inacreditavelmente cada página com um olho e decorar tudinho. Existem casos de pessoas que leram por volta de nove mil livros e decorou todos eles. Outra habilidade muito incomum que essas pessoas adquirem é fazer contas de uma forma muito rápida, como se os cálculos fosse feitos sozinhos como em um passe de mágica no cérebro delas. Em contrapartida essas pessoas não conseguem fazer atividades que para maioria de nós são simples, como abotoar um botão na camisa ou andar sozinho na rua, por exemplo.

082514_HEALTH_MAIN_t670

A memória que pessoas comuns usam na maioria do tempo é a memória consciente que nos faz pensar um pouquinho para lembrar o resultado do produto de dois números por exemplo. Mas usamos também a memória implícita que nos possibilita andar de bicicleta ou dirigir um carro sem pensar muito. Os savants fazem o contrário, por causa do distúrbio cerebral há uma transferência de função da memória consciente para a inconsciente, então coisas que nós precisamos pensar muito para fazer eles fazem sem pensar. Erceg também desenvolveu uma capacidade denominada sinestesia, que explica porque ela começou a ver som e ouvir cores. Essa condição neurológica faz com que o cérebro misture os sentidos, existindo então uma espécie de cruzamento de sentidos em apenas um estimulo.

Outras consequências desse trauma foi que agora Leigh Erceg também não consegue sentir qualquer tipo de emoção. Até mesmo os sorrisos dela são falsos, apenas em respostas à investidas sociais. O mais estranho disso tudo é que antes da queda na fazenda no qual ela era responsável, ela não tinha interesse algum por matemática ou artes e atualmente a casa dela é cheia de equações, poemas e arte. Porém é provável que essa senhora incrível não volte mais andar e nem recupere suas antigas memórias.

quadros

genia-por-acidente

Fontes: dailymail/super   Imagens: steamboattoday/beyondadversity/dailymail