Curiosidades

Você sabe para que serve este aparelho? Uma dica: interessa muito aos homens!

Isso é um extensor genital masculino!

A preocupação dos homens com o tamanho do seu órgão genital é algo que atravessa gerações. Uma pesquisa divulgada no site EurekAlert aponta que pelo menos 50% dos homens gostariam de ter seus órgãos maiores. A mesma pesquisa mostra que as mulheres não se importam tanto assim com o tamanho. De todo modo, esta busca pelo tamanho ideal acaba levando alguns homens a adotarem medidas drásticas.

Apesar de muitos especialistas garantirem que ainda não existe solução médica comprovada cientificamente que realmente aumente o tamanho do genital do homem, uma equipe de cientistas da Universidade de Turim, na Itália, afirma que os dispositivos extensores produzem um alongamento “efetivo e durável” de mais de 30%. Após realizar um estudo com 21 homens “altamente motivados”, o urologista do Hospital San Giovanni Battista da Universidade de Turim, Paolo Gontero, publica os resultados obtidos na última edição da revista britânica de urologia BJU International. Os participantes usaram o extensor por uma média de cinco horas no primeiro e no terceiro mês, e por quatro horas, a partir do sexto.


O tamanho médio do órgão genital em repouso dos homens estudados era de 7,15 cm e, em 12 meses, cresceu 32%, para 9,45 cm. O estudo mostrou que o extensor genital produz um alongamento efetivo e durável, tanto em repouso quanto em ereção. Os especialistas sugerem que este tratamento poderia ser uma alternativa à cirurgia.

O aparelho que está sendo largamente adquirido sobretudo pela internet, é um dispositivo formado por uma argola de plástico, duas barras extensíveis que exercem tração e uma fita de silício que mantém o órgão genital no lugar. É um método que funciona com o mesmo princípio dos alongamentos musculares, criando micro lesões. O método não é totalmente seguro. O melhor a fazer é procurar orientação médica já que há o risco de hematomas, trombose venosa, e danos aos nervos.

Fonte: areah/terra/revistaepoca  
Imagens: quebarato/howenlarge
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.