Animais

Tire sua dúvida agora: porque os gatos têm pupilas verticais?

A função principal da pupila é regular a entrada de luz – quando é intensa, ela diminui e, quando a iluminação é reduzida, ela se expande. Além disso, é responsável pelo foco e precisão das imagens. Para desvendar por que os olhos de alguns animais se retraem verticalmente e outros horizontalmente, os cientistas da Universidade de Berkeley, na Califórnia e da Universidade Durham, na Inglaterra, montaram um banco de dados e analisaram as pupilas de 214 espécies terrestres, domésticas e selvagens, em relação a seus hábitos de forrageamento diurno e noturno.

De acordo com a pesquisa, que foi publicada na revista Science Advances, as pupilas em fendas verticais são mais comuns entre os predadores noturnos que espreitam suas presas. O estudo também revelou que as pupilas horizontais retangulares e peculiares de alguns herbívoros são uma forma de ajudar estes animais à varredura do horizonte a busca de predadores, observando se o terreno é perigoso.

Olhos de gato

Com certeza você já se perguntou do porquê os olhos dos gatos tem essas pupilas em forma de fendas verticais super charmosas. Um dos novos estudos sugerem que a razão esteja no modo de caça do animal.

Os predadores, como são o caso de muitos gatos e cobras, conseguem ver com muita precisão linhas e bordas, borrando o que está ao redor. As pupilas desses animais se dilatam com muita facilidade (os olhos de um gato podem aumentar até dez vezes mais que de um humano), aproveitando o melhor da iluminação para caçadas noturnas ou durante o dia.

A razão para essa correlação provavelmente tem a ver com a mecânica do olho. Caçadores de emboscada precisam ser muitos bons em medir profundidade e distância, para que eles possam efetivamente saltar sobre as suas presas. As pupilas verticais alongadas é uma adaptação inteligente que facilita a estimativa da distância de objetos rentes e ao longo do chão. Contudo, alguns predadores, como crocodilos, jacarés e lagartixas têm olhos laterais e são, portanto, duas vezes mais eficientes onde a distância focal do olho permanece relativamente acentuada.

Capas-Facebook-animais-olhos-de-gato

Pupilas alongadas horizontalmente

No outro lado da pesquisa estão as pupilas retangulares estranhas de cabras, ovelhas, cavalos e alguns sapos. Segundo o estudo os animais terrestres com pupilas horizontais são muito prováveis que sejam presas (dos 42 presas herbívoras, 36 têm pupilas horizontais). Para descobrir por que, eles criaram um modelo de computador de um olho de ovelhas e mediu sua óptica.

Os resultados revelaram que pupilas horizontais minimiza a entrada de luz, e maximiza o campo de visão da frente e de trás de um animal, criando uma visão panorâmica. Além disso, a maioria destas presas tem olhos nas laterais da cabeça com poucos pontos cegos, melhorando ainda mais esse ponto de vista. “Isso lhes permite ver melhor na frente e atrás, e não se deslumbrar com a luz solar a partir de cima”, disse o pesquisador Martin Banks.

Ainda mais interessante, segundo o pesquisador, foi a descoberta de que estas pupilas também minimizam o borrão de contornos horizontais, criando uma imagem mais nítida do solo e próxima do terreno. Isso é muito importante para um animal que pode precisar largar tudo e correr se uma onça se lançar sobre ela.

black-cat-eyes

Evolução dos olhos

Se pupilas verticais são para caça e pupilas horizontais são para fugir, onde isso deixa pupilas redondas como os seres humanos têm? Esses resultados, Banks disse, são um pouco menos claros. Animais com pupilas redondas tendem a serem predadores ativos ou forrageiros que estão acordados de dia e de noite. Estas pupilas permitem estimar distâncias com exatidão e ter uma visão panorâmica do entorno, pois caçam animais que saltam ou voam. Mas a relação entre esta forma da pupila e esses traços não são tão forte como foi para pupilas verticais e horizontais.

A ligação surpreendente entre nicho ecológico e forma da pupila implica que a pressão seletiva determinou a forma ideal em várias linhagens. As transições na forma da pupila ter ocorrido várias vezes dentro e entre linhagens. O número de vezes que a forma da pupila mudou nestas famílias implica que a forma da abertura do olho evoluiu em resposta ao ambiente, e não por causa do aparecimento de algum ancestral comum. Julgamentos à distância não é a única razão para animais desenvolverem uma determinada forma da pupila, Banks acrescentou. Outros fatores, tais como visão de cores e reconhecimento de padrões, provavelmente desempenharam um grande papel.

Green-Eyed-Cat-Wallpaper-eyes-28331395-1413-1060

Fonte: livescience/advances/veja    Imagens: vejafanpopforwallpaper/capasnofacebookdanipets

 

Comentários

Novidades

Topo