Doenças

Sabonetes íntimos femininos aumentam a exposição substâncias prejudiciais e não devem ser usados com frequência

Sabonetes íntimos femininos aumentam a exposição substâncias prejudiciais e não devem ser usados com frequência
Esse texto foi útil para você?

Os fabricantes garantem que os sabonetes íntimos possuem um pH compatível com o da área íntima feminina, graças à presença do ácido lático, agente responsável por esse equilíbrio. No caso da região íntima, ele ajuda a mantê-la saudável e previne infecções, além de proporcionar cuidado e uma sensação de bem-estar prolongada.  Produtos de higiene íntima seguem o padrão vaginal (de 3,5 a 4,5) e mantêm a acidez necessária para evitar infecções, mas a higiene íntima não precisa necessariamente ser feita só com esses produtos.

No entanto, um estudo publicado na “Environmental Health”, mulheres que usam sabonetes íntimos regularmente podem aumentar sua exposição a substâncias químicas prejudiciais, como ftalatos que podem alterar a ação hormonal e estão associados a sérios problemas de saúde. Os ftalatos são encontrados em muitos itens de cuidados pessoais em drogarias, e estão associados com muitos problemas de saúde, como no fígado, rins e pulmão, além de anormalidades no sistema reprodutivo. Além disso, essa substância podem ser muito facilmente absolvida através da pele da genitália feminina e posteriormente eliminada do organismo através da urina.


O estudo analisou 739 mulheres com idades entre 20 e 49 anos que participaram de uma pesquisa nacional e responderam perguntas sobre o uso de produtos de higiene feminina. Os pesquisadores olharam então a concentração dessa substância em amostras de urina das participantes. Não foi surpresa para os pesquisadores quando os resultados apontaram que os altos níveis de ftalatos na urina estavam associados àquelas mulheres que usavam o sabonete íntimo regularmente. Essas mulheres apresentavam 52% a mais de concentração da substância.

A verdade é que muitos ginecologistas garantem que o uso dos sabonetes íntimos é dispensável no dia a dia. A região genital não precisa de nada além de água, uma vez que uma vagina saudável libera uma combinação de fluidos e células que ajudam a eliminar substâncias infecciosas. No entanto, não há problema em usar uma vez ao dia os sabonetes íntimos encontrados em farmácias ou os tradicionais, desde que somente na parte externa e jamais lave a parte interna para não alterar a flora natural e favorecer o aparecimento de doenças.

cosmetico-sabonete-liquido-xampu-sabonete-intimo-higiene-intima-banho-limpeza-lavar-as-maos-mulher-lavando-a-mao-1384186651762_956x500

Fonte: oglobo/mdemulher  Imagens: faidatemania/meninasurtei

Comentários

Novidades

Topo