Plantas e fungos

Medo! Planta australiana provoca uma das piores e mais agonizantes dores do mundo que pode durar até um ano

Medo! Planta australiana provoca uma das piores e mais agonizantes dores do mundo que pode durar até um ano
Esse texto foi útil para você?

A planta conhecida como Gympie Gympie ou Gympie ferrão aparentemente se mostra bastante inofensiva, porém seus espinhos em formato de pelos podem provocar dores insuportáveis caso você se espete. Pertencente à espécie Dendrocnide moroides, essa planta é classificada como uma das mais venenosas encontradas no mundo. Podem chegar a dois metros de altura e são encontradas na Austrália, Ilhas Molucas e na Indonésia.

Essa planta é altamente perigosa para todos os tipos de animais (incluindo humanos), podendo levar à morte. Existem casos de sobrevivência após essa experiência, porém, os relatos dessas pessoas descrevem dores insuportáveis que duram por meses ou que reaparecem após anos. Apresentam folhas em formato de coração e pelos bem pequenos em forma de agulha por toda a planta (incluindo seus frutos), sendo apenas as raízes consideradas inofensivas.


Apenas ao passar levemente o dedo pela planta a pessoa já consegue ser espetada, adquirindo a toxina chamada de moroidina. Porém, alguns botânicos afirmam que só de estar perto da planta alguns sintomas já começam a se manifestar como espirros, coceiras e sangramentos, pois pequenos pelos podem se desprender e plainar, atingindo a pessoa. O contato com a planta provoca o inchaço da garganta, axilas e virilha.

Stinging_Tree-wiki-Rainer-Wunderlich

Segundo o virologista Dr. Mike Leahy: “A primeira coisa que você vai sentir é uma sensação de queimação muito intensa e isso cresce durante a próxima meia hora, tornando-se mais e mais dolorosa. Pouco depois, as articulações podem doer, e você pode ter grande inchaço nas suas axilas, o que pode causar uma dor extremamente forte. Se você não remover todos os pelos que entraram na sua pele, as toxinas continuam sendo liberadas, causando dores torturantes por até um ano“.

Após o contato com a planta, é recomendado o uso de analgésicos e, em casos de exposição maior aos pelos, é indicado a depilação total da área afetada afim de eliminar totalmente qualquer fragmento que possa existir.

GympieGympie

Fontes: jornalciencia/super/hypescience  Imagens: youtube/pistonheads/hypescience

Comentários

Novidades

Topo