Animais

Por que as aranhas não ficam presas na própria teia? Vídeo de aranha construindo a teia!

Por que as aranhas não ficam presas na própria teia? Vídeo de aranha construindo a teia!
Esse texto foi útil para você?

“Sei que muitas aranhas constroem teias para prender suas presas. Gostaria de saber, por que as aranhas não ficam presas em suas teias?” (Priscila)

Priscila, essa é uma pergunta muito recorrente para qualquer um que se interesse por esses aracnídeos. A resposta para ela pode seguir dois caminhos. Alguns pesquisadores afirmam que a “cola”, uma substância formada por glicoproteínas, que prende as presas da aranha está presente apenas em alguns fios e, de alguma forma, a aranha teria a capacidade de diferenciar os fios com e sem “cola”, andando apenas nos fios sem a substância. Além disso, ela possui unhas finas e delicadas, capazes de se equilibrar sem encostar totalmente no fio grudento – e também tem o hábito de limpar constantemente as garras para remover a substância adesiva. Por outro lado, um grupo de pesquisadores acredita que as aranhas produzem um tipo de óleo que vai para suas patas, permitindo-as andar nos fios.


A teia de aranha tem várias funções: serve de refúgio, permite a captura de alimentos e ajuda na fixação dos casulos. As aranhas possuem estruturas na parte posterior do seu corpo chamadas de fiandeiras, por onde é expelido esse líquido, que endurece em contato com o ar, formando os fios da teia.

Existe mais uma curiosidade sobre as aranhas e as suas teias. A cola presente na teia de aranha atua de forma diferente de acordo com a força e a velocidade que a presa tenta escapar. Se a presa tenta fugir com cuidado, a teia se comporta de forma resistente. Se a tentativa de fuga for intensa, as propriedades adesivas tornam-se mais fortes, segurando a presa junto a teia.

aranha-na-teia

A teia de aranha tem várias funções: serve de refúgio, permite a captura de alimentos e ajuda na fixação dos casulos. As aranhas possuem estruturas na parte posterior do seu corpo chamadas de fiandeiras, por onde é expelido esse líquido, que endurece em contato com o ar, formando os fios da teia. Foto: paixaoporbiologia

Assista ao vídeo em “slow motion” de uma aranha construindo  sua teia!

Fontes: Abril e terra


Novidades

Topo