Curiosidades

Gravidez na adolescência é considerada de risco?

“Minha sobrinha de 14 anos acabou de nos revelar que está grávida de 4 meses. Ela é muito magra e ainda não parece ter o corpo de mulher formado. Queria saber se gravidez nesta idade é considerada de risco?” (Heloísa Teixeira)

Heloísa, a adolescência é uma fase que compreende o período da vida entre os 10 e 19 anos. Durante esse tempo, algumas mudanças acontecem no corpo, tais como: crescimento rápido, aparecimento de características sexuais secundárias, conscientização da sexualidade, construção da personalidade, mudanças sociais entre outras. A gravidez durante essa fase da vida pode ser de risco, levando em conta uma série de fatores que englobam desde a formação do corpo feminino até repercussões psico-sociais.


Esses casos de gestação em idade precoce podem ser considerados como questão de saúde pública, já que podem levar a complicações obstétricas, afetando tanto a mãe como o bebê, (sendo uma das principais causas de mortalidade entre as adolescentes) e também pode acarretar problemas psico-sociais e econômicos.

Alguns riscos durante a gestação na adolescência são: anemia materna, doença hipertensiva da gravidez, infecção urinária, prematuridade, baixo peso ao nascer, sofrimento fetal, complicações no parto, dificuldade para amamentar, entre outros fatores que envolvem questões relacionadas ao desenvolvimento fetal e às mudanças que ocorrem no organismo materno, que ainda está em formação.

Apesar dos riscos envolvidos, alguns especialistas no assunto dizem que se houver uma assistência pré-natal adequada, a adolescente pode tolerar bem a gravidez, apesar de todos os fatores de risco. O acompanhamento durante a gestação de forma regular é importantíssimo para a saúde da mãe e do bebê. Um problema comum entre as adolescentes é o medo da rejeição familiar e do parceiro, fato que deve ser tratado com cuidado. Outros fatores influenciam a vida da adolescente como a escola, o convívio social, a afirmação da identidade feminina, a relação com o parceiro e muitos outros.

Esses casos de gestação em idade precoce podem ser considerados como questão de saúde pública, já que podem levar a complicações obstétricas, afetando tanto a mãe como o bebê, (sendo uma das principais causas de mortalidade entre as adolescentes) e também pode acarretar problemas psico-sociais e econômicos.Foto: Reprodução/globohoje

Esses casos de gestação em idade precoce podem ser considerados como questão de saúde pública, já que podem levar a complicações obstétricas, afetando tanto a mãe como o bebê, (sendo uma das principais causas de mortalidade entre as adolescentes) e também pode acarretar problemas psico-sociais e econômicos.Foto: Reprodução/globohoje

A principal causa da gestação não planejada ainda é a falta de proteção e orientação sexual. É imprescindível que existam ações educativas na escola, na comunidade e na família, para que os adolescentes possam ter apoio e consigam ter consciência do próprio corpo e das consequências que a geração de uma nova vida pode causar.

O acompanhamento durante a gestação de forma regular é importantíssimo para a saúde da mãe e do bebê. Foto: Reprodução/vidadejovem

O acompanhamento durante a gestação de forma regular é importantíssimo para a saúde da mãe e do bebê. Foto: Reprodução/vidadejovem

Fontes: Rev. Bras. Ginecol. Obstet. e Cad. CEDES


Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Novidades

Topo