Animais

De arrepiar: Templo indiano abriga população de 20 mil ratos sagrados alimentados com leite fresco diariamente





Karni Mata ou “templo dos ratos”, próximo de Bikaner, no Rajastão, foge totalmente do padrão de todos os santuários da Índia. Esse templo se diferencia não somente pelas enormes paredes revestidas de mármore branco e pelo seu imponente portão decorado com ouro e prata, mas também pela adoração que os fiéis tem com os ratos que habitam seu interior.

Sim, dentro deste templo vivem cerca de 20 mil ratazanas que vivem livremente soltas pelo templo. Lá os bichinhos levam uma “vida de rei”. Conhecidos como “Kabbas” ou “filhinhos“, os ratos são alimentados com grãos, leite fresco e coco em grandes bacias de metal. A água onde os ratos bebem é considerada sagrada, e, acredita-se que comer as suas sobras pode trazer boa sorte para aqueles que fazem a peregrinação no templo. Os devotos têm outra razão para manter os ratos seguros e felizes: De acordo com as leis do templo, se um dos ratos é morto, mesmo que acidentalmente, a pessoa deve substituí-lo por um rato de prata ou ouro.


Os ratos correm livremente pelo templo e são protegidos por todos ao redor. Inclusive crianças brincam com os roedores, pegam na mão, alimentam diretamente na boca. Os fiéis que frequentam o tempo são grandes devotos dos ratos. Além disso, só se pode entrar no templo descalço ou, no máximo, com meias. Você deve estar imaginando que as pessoas devem adoecer em contato com tantos ratos, mas na verdade, quem não anda bem de saúde são os ratos. De tanto comerem alimentos adocicados estão desenvolvendo diversas doenças estomacais e até diabetes. Felizmente, apesar dos perigos para os próprios ratos, não há casos registados de seres humanos contrair doenças vindas dos roedores do templo.

karni-mata-11-622x415

Anualmente, o local recebe milhares de visitas dos habitantes locais (hindus) e de turistas das mais variadas partes do mundo. A ideia é homenagear a deusa Durga e buscar a benção transmitida pelos ratos ao passarem por seus pés. Sim, as pessoas acreditam que quando alguns dos 20 mil ratos se aproximam do visitante e passarem sobre seus pés estão o abençoando.

Não é difícil imaginar que o chão é coberto por excrementos e urina de ratos, além de restos de comida deixados pelas ratazanas por todo lado.

9nowdcmawh_jtsfxe625_file

1303938882284

1303938903971

1303939034203

Fontes: nationalgeographic/atlasobscura  Imagens: sorisomail/mundogump/r7

 

Comentários

Novidades

Topo