Curiosidades

Condições desumanas: Menino chinês de 7 anos vivia há 6 meses em um chiqueiro junto com porcos

Condições desumanas: Menino chinês de 7 anos vivia há 6 meses em um chiqueiro junto com porcos
Esse texto foi útil para você?

Encontrado por um voluntário que trabalhava ajudando pessoa carentes e um repórter local, um menino de apenas 7 anos de idade vivia dentro de um chiqueiro do lado de fora de sua casa, em Puyang, província de Henan, na China.

Segundo relatos da vizinhança, a mãe do menino sofre com problemas mentais e várias vezes foi vista batendo forte a cabeça do menino contra a porta ou a parede, várias vezes ao dia. Ela, que teve 5 filhos, mas 3 deles já morreram, parece não conseguir conviver com as crianças. Apesar de não se ter informações sobre a razão pela qual levou o menino apelidado de “Pequeno Hongbo”, a viver nessas condições, parece que o próprio pai o forçou a tal.


O pai do menino, Liu Zhenxue, de 46 anos, é criador de porcos e costuma viajar toda manhã para a cidade para vende-los e recolher restos de comida de alguns restaurantes. A comida coletada é partilhada  entre a família e os animais.

Assim que foi resgatado, logo percebe-seu que o Pequeno Hongbo era incapaz de se comunicar de maneira correta e seu corpo estava coberto de escoriações. As pessoas comovidas sempre oferecem-lhe, roupas, alimentos e às vezes abrem a porta do chiqueiro para que ele saia. Infelizmente todos na região são muito pobres e não podem adotar o menino. Agora que o caso foi relatado pela imprensa chinesa, as autoridades locais devem se manifestar a respeito do que será feito para o garoto e sua família.

Encontrado por um voluntário que trabalhava ajudando pessoa carentes e um repórter local, um menino de apenas 7 anos de idade vivia dentro de um chiqueiro do lado de fora de sua casa, em Puyang, província de Henan, na China. Foto: Reprodução/ shanghaiist

Encontrado por um voluntário que trabalhava ajudando pessoa carentes e um repórter local, um menino de apenas 7 anos de idade vivia dentro de um chiqueiro do lado de fora de sua casa, em Puyang, província de Henan, na China. Foto: Reprodução/ shanghaiist

Segundo relatos da vizinhança, a mãe do menino sofre com problemas mentais e várias vezes foi vista batendo forte a cabeça do menino contra a porta ou a parede, várias vezes ao dia. Foto: Reprodução/ shanghaiist

Segundo relatos da vizinhança, a mãe do menino sofre com problemas mentais e várias vezes foi vista batendo forte a cabeça do menino contra a porta ou a parede, várias vezes ao dia. Foto: Reprodução/ shanghaiist

O pai do menino, Liu Zhenxue, de 46 anos, é criador de porcos e costuma viajar toda manhã para a cidade para vende-los e recolher restos de comida de alguns restaurantes. Foto: Reprodução/ shanghaiist

O pai do menino, Liu Zhenxue, de 46 anos, é criador de porcos e costuma viajar toda manhã para a cidade para vende-los e recolher restos de comida de alguns restaurantes. Foto: Reprodução/ shanghaiist

Fonte: shanghaiist e jornalciencia


Novidades

Topo