Curiosidades

6 truques para você ficar grávida rapidinho!

Deixar a pílula de lado, não usar preservativo e esquecer-se da preocupação de engravidar. Isso é um sentimento de liberdade inexplicável. A preocupação em conseguir engravidar, no entanto, não sai da cabeça de muitas mulheres. Cada mês que passa aumenta a ansiedade. Para aumentar a taxa de fertilidade e conseguir engravidar mais rápido, excelentes dicas é ter relações sexuais durante o período fértil e consumir mais gérmen de trigo, pois este cereal fornece nutrientes essenciais que aumentam a fertilidade, ajudando-a a engravidar mais rapidamente. Além disso, permanecer deitada depois da ejaculação apesar de ainda não ter comprovação científica, também pode ser uma boa dica para engravidar mais rápido. Confira as dicas:

  1. Entenda como anda seu ciclo menstrual

Se você quer engravidar, é indispensável estar por dentro de  como anda o seu  ciclo menstrual. O ciclo menstrual normalmente varia entre 21 e 35 dias, mas a quantidade de tempo entre a menstruação e a ovulação também varia para cada mulher. Depois da ovulação, a menstruação geralmente chega dentro de 14 a 16 dias. É eficaz saber seu período de ovulação, pois é nele que ocorre a gravidez. O período de maior fertilidade é durante a ovulação e entre 12 a 24 horas depois. Pode-se ter relações, ainda, cerca de 3 dias antes e 3 dias depois do 14º dia do ciclo, pois também existe a possibilidade de gravidez nesses dias.

  1. Temperatura Corporal Basal

A Temperatura Corporal Basal é um grande aliado na determinação da altura em que a ovulação ocorre. É a temperatura que o corpo tem em repouso; ou seja, mede-se a temperatura do corpo mesmo antes da pessoa se levantar da cama. Depois de ter ocorrido a ovulação (cerca de 24 a 72 horas depois), a temperatura do corpo da mulher eleva-se cerca de 0,3 a 0,8 graus centígrados em relação à temperatura registrada anteriormente, mantendo-se elevada até à menstruação. Se registarem a temperatura basal sempre antes de se levantarem, ao longo de vários ciclos, vão poder determinar a altura do ciclo em que a ovulação costuma ocorrer.  Assim, uns dias antes da data prevista, começam a ter relações sexuais, em dias alternados, para engravidar; mantenham os “treinos” até dois dias depois da data prevista para a ovulação.

Medindo-temperatura-basal

  1. Usar a tabelinha

A tabelinha é um método bastante interessante para as mulheres descobrirem seu período fértil. O primeiro dia da menstruação deve ser marcado como o dia 1. Considerando um ciclo menstrual com duração de 28 dias, o 14º dia marcado será o mais fértil – a margem deve ser de pelo menos três dias. Para um resultado mais preciso, a mulher deve fazer uma tabela com o calendário do ciclo menstrual por cerca de 8 a 12 meses. Depois de marcar todos os dias no calendário (sendo o primeiro dia da menstruação sempre o número 1), subtraia 18 dias do ciclo mais curto, e 11 dias do ciclo mais longo. Supondo que o ciclo mais curto de uma mulher seja de 26 dias, e o mais longo dure 33, os resultados serão 8 (26 – 18 = 8) e 22 (33 – 11 = 22). Nesse caso, o período mais fértil da mulher seria a partir do 8º dia até o 22º dia do ciclo. Para entender melhor leia Você sabe como calcular o seu período fértil?

testes-de-gravidez-caseiros-eles-sao-confiaveis

  1. Permaneça deitada depois do sexo

Durante muito tempo, cientistas não tinham prova de que se a mulher ficasse deitada por um tempo após o sexo ajudaria os espermatozoides a alcançarem o óvulo.  Mas, em 2009, pesquisadores holandeses descobriram que, em uma clínica de fertilização de Amsterdã, as mulheres que permaneciam deitadas de barriga para cima durante 15 minutos após uma inseminação artificial tinham 50% mais chances de engravidar do que aquelas que ficavam de pé logo após o procedimento. Não se pode provar que a mesma probabilidade se aplique à relação sexual, mas o estudo mostra que ficar deitada pode ajudar os espermatozoides a fazerem seu papel. E, de qualquer forma, não custa tentar. Não é necessário ficar com as pernas para cima, apenas deitada de lado já é suficiente.

 150603105652_embarazo_624x351_thinkstock

  1. Coisas que você deve comer para aumentar suas chances

Não é necessário fazer uma dieta para engravidar, mas alguns alimentos podem aumentar as chances de concepção. Alguns nutrientes podem ajudar o corpo a se preparar para a gravidez, enquanto outros diminuem a possibilidade de ter um bebê. O gérmen de trigo, ovos, azeite, óleo de girassol e o grão de bico são os alimentos que mais devem ser consumidos para conseguir engravidar mais rápido. Esses alimentos são ricos em vitamina E, zinco e em vitaminas do complexo B, o que favorece a concepção por atuar no sistema hormonal. Além disso, deve-se ter o cuidado de ingerir mais alimentos que sejam fonte de vitamina do complexo B e que sejam enriquecidos com ácido fólico. Esses, além de beneficiarem a mulher, vão colaborar para a perfeita formação do bebê, evitando problemas como o mau fechamento do tubo neural.

saude

  1. Método de ovulação Billings

Com este método, a mulher pode descobrir seu período fértil a partir do muco cervical. Os hormônios que controlam o ciclo menstrual afetam o tipo e a quantidade de muco durante o mês. Pouco antes da ovulação, a quantidade de muco é maior. Durante a ovulação, o muco é mais claro e escorregadio, e depois de quatro dias, torna-se mais escuro e aparece em menor quantidade. Portanto, a mulher é mais fértil quando há mais muco. Leia o texto, ele também irá ajudá-la: Aprenda evitar gravidez pelo método do muco cervical.

Sem-Título-11

 Fonte: babycenter/tuasaude/ficargravida/hypescience
Imagens: pitterpatter/mundomulheres/bbc/pointgym
Comentários

Novidades

Topo