Animais

10 cobras que comeram mais do que deviam e se deram muito mal!

As serpentes são animais carnívoros, isso significa que estão sempre em busca de alguma presa. Mas às vezes a fome é tão grande que fica complicado digerir a presa. Outras, se sentem atraídas por objetos que jamais poderiam ser digeridos, como instrumentos para churrasco de cobertores elétricos.

As duas maiores espécies de cobras do mundo, a sucuri e a píton, já foram flagradas devorando bezerros, veados, antas, antílopes, jacarés e capivaras. Para comer um animal desses, essas serpentes têm um grande gasto energético e precisa de tempo e paz. Elas precisam sufocar a presa até a morte e usar uma série de “armas” anatômicas para conseguir engolir um bicho tão grande. Dependendo do tamanho da presa, a cobra fica depois semanas sem se alimentar. Em alguns casos, ela pode até morrer em função das dimensões do animal.


Vamos ver então, alguns casos em que as serpentes de deram mal por ingerirem presas muito maiores ou algo não- comestível.

1- Pinça de churrasco

Wiston, uma píton de estimação precisou passar por uma cirurgia inusitada em um hospital veterinário de Roseworthy, na Austrália, depois de engolir um pegador de churrasco enorme! O dono da serpente, Aaron Rouse contou que usava a pinça para prender um rato que seria  alimento de Wiston. Quando colocou o rato preso a pinça no viveiro, rapidamente a cobra abocanhou o rato e não deu tempo de puxar a pinça. Imaginando que a cobra iria comer o rato e deixar a pinça de lado, o dono deixou o objeto dentro do viveiro. Um tempo depois, para sua surpresa, a Píton havia engolido não só o rato, mas também o pegador de churrasco inteiro.

28B0C49200000578-3082376-image-a-6_1431644921383

2- Ovelha prenha

Nem sempre a melhor opção é a que parece mais suculenta. Esta píton não se sentiu intimidada pelo tamanho da ovelha que estava com uma gravidez avançada. Devorou a mamãe ovelha, mas foi demais para o seu tamanho e ela passou mal até morrer. O caso aconteceu em 2006, na Malásia, e os bombeiros foram chamados para remover a cobra entalada da estrada.

10108

3- Lacraia enorme

Cientistas da Macedônia encontraram por acaso, enquanto procuravam algumas espécies de cobras, essa horripilante visão de um jantar. Uma cobra morta, com a cabeça de uma centopeia projetada para fora de seu corpo. A cobra era uma Víbora de Chifres no Focinho (Vipera ammodytes) e a lacraia era da espécie Scolonpedra cingulata. Quando medidas foi possível verificar que a centopeia tinha 84% do tamanho da cobra, mas as cobras são capazes de comer animais que tem essa proporção ao seu tamanho. O interessante foi que após a dissecção, foi possível ver que a cobra estava com todas as suas vísceras consumidas, e a centopeia estava ocupando o seu corpo inteiro.

snake_0

4- Cobertor elétrico

Uma Píton birmanesa (Python molurus bivittatus) chamada Houdini de quase 4 metros pesando cerca de 30 quilos engoliu um cobertor elétrico enquanto tentava comer um coelho que estava sobre o cobertor. O cobertor, que era mantido na gaiola da píton com o objetivo de aquece-la, provavelmente enroscou-se no coelho enquanto este era engolido e acabou fazendo parte da refeição. A serpente precisou ser levada ao veterinário para uma cirurgia de emergência. Segundo um especialista, Houdini (18 anos) não sobreviveria muito tempo e provavelmente passou por um esforço muito grande ao engolir o cobertor. O processo todo pode ter demorado cerca de 6 horas. Felizmente o cobertor foi retirado e a serpente passa bem!

PythonBlanket-Large

5- Jacaré

Essa Píton de 4 metros se deu muito mal ao achar que poderia matar sua fome comendo um jacaré-americano de 2 metros. Por causa de suas escamas os jacarés já são bem difíceis de digerir e ainda são animais muito fortes. A serpente certamente gastou muita energia para engolir o bicho e foi bem gulosa. Passou Mal, não conseguiu digerir o jacaré inteiro. Os pesquisadores do Parque Nacional de Everglades, na Flórida (EUA), encontraram um jacaré morto e semidigerido “escapando” de dentro da píton decapitada. Mas nem sempre os jacarés se dão bem, veja AQUI imagens de raio x de um jacaré sendo digerido dentro de uma píton.

cobras-gulosas-7-838x629

6- cobra comendo cobra

Cobras são bichos traiçoeiros! Duas pítons brigavam para ver quem ia devorar o ratinho, enquanto a vencedora engolia a presa, a outra cobra não perdeu tempo: se enrolou na rival, matou ela sufocada e “mandou tudo para dentro”, a cobra e o ratinho de brinde.

cobras-gulosas-6-838x471

7- cervo adulto

Nesta foto de 2011, fornecida pelo Distrito de Gerenciamento de Água do Sul da Flórida, trabalhadores são mostrados segurando uma píton birmanesa de quase 5 metros de comprimento que foi capturada e morta no Parque Nacional de Everglades, na Flórida – um lugar que parece ter muitas cobras gulosas, como estamos vendo. A píton tinha consumido recentemente uma cervo fêmea adulta de aproximadamente 35 quilos. O réptil era um dos maiores já encontrados no sul da Flórida

cobras-gulosas-4

8- Porco espinho

Outra píton, de cerca de 4 metros, foi encontrada morta ao lado de uma pista de ciclismo após engolir um porco-espinho de 13,8 kg, na África do Sul. Ela teria morrido após cair de um penhasco e os espinhos do animal teriam perfurado seu trato digestivo. O porco-espinho tem pelos modificados, extremamente duros e que servem como uma forma de defesa do animal. Que parecem realmente espinhos. Essas estruturas provavelmente foram liberadas assim que a cobra começou a engolir o animal. Este espinho tem um mecanismo muito bacana onde, ao ser tocado em sua extremidade, ele se desprende da base do corpo do roedor e fica preso na pele do predador. 

9- porco com pés afiados

Na Austrália, um homem foi procurar cogumelos em sua propriedade quando deu de cara com uma píton agonizando após a sua última refeição. Infelizmente a serpente não resistiu. Os especialistas acreditam que a cobra teve o intestino perfurado pelo pé do porco, com unhas afiadas que ela engoliu inteiro.

13141046433090

10- Comendo a si mesma

Não que as cobras queiram se matar, mas, quando mordem seu rabo, não fazem isso para brincar, como os cães de estimação. Uma vez que a serpente começa essa processo, é difícil de parar. Se as cobras ficam muito quentes, elas podem ficar confusas e desorientadas. Seu metabolismo pode aumentar, levando-as a ter uma falsa sensação de fome e o desejo de comer a primeira coisa que veem. Se as cobras ficam muito quentes, elas podem ficar confusas e desorientadas. Seu metabolismo pode aumentar, levando-as a ter uma falsa sensação de fome e o desejo de comer a primeira coisa que veem.

ouroboros

Fonte: megacurioso/ hypescience/ hypescience2/mundoestranho/gadoo
Imagens: megacurioso/hypescienc

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo