Curiosidades

Síndrome do Pensamento Acelerado: Você está sempre com a cabeça pensando em mil coisas ao mesmo tempo?

Síndrome do Pensamento Acelerado: Você está sempre com a cabeça pensando em mil coisas ao mesmo tempo?
5 (100%) 1 vote

Você tem dificuldades para relaxar e acalmar a mente? Você está sempre precisando de algum estímulo? Você pode ter a Síndrome do Pensamento Acelerado. Essa síndrome foi descrita a pouco tempo e tem origem no ritmo alucinante que temos nas grandes cidades. Atualmente vivemos uma overdose de informação diária, além de uma grande carga de obrigações, que pode afetar a saúde mental de várias pessoas.

Depressão, estresse, síndrome do pânico e medo de ficar sem celular são algumas das situações que ocorrem com mais frequência a cada ano que passa. Tudo isso pode estar dentro da síndrome do pensamento acelerado, que alguns especialistas dizem não se tratar de uma doença, mas um sintoma de transtorno de ansiedade. As pessoas mais afetadas são as que tem seu trabalho avaliado durante todo o tempo, como executivos, jornalistas, escritores, publicitários, professores e profissionais da saúde.


É comum entre quem tem a síndrome do pensamento acelerado ter a sensação de estar sendo esmagado pela rotina, com a impressão de que 24 horas são insuficientes para cumprir tudo o que você tem planejado para o dia. Há o sentimento persistente de apreensão, falta de memória, déficit de atenção, irritabilidade, sono alterado e humor flutuante. O esgotamento mental pode geral um esgotamento físico também. Isso porque o córtex cerebral rouba a energia que deveria ser destinada aos músculos.

A tecnologia e as redes sociais pioram em muito a síndrome do pensamento acelerado. Isso porque elas nos oferecem uma quantidade excessiva de estímulos e informações. Quando você passa horas no Facebook, você lê uma quantidade enorme de textos e vê uma quantidade enorme de imagens. O cérebro fica sobrecarregado. Além disso há um aumento da ansiedade, já que você costuma checar toda hora se há uma nova mensagem nas redes sociais.

fot-getty-images-fpm-7034_l

A tecnologia e as redes sociais pioram em muito a síndrome do pensamento acelerado. Foto: focus

A melhor maneira de se tratar dessa síndrome é buscar a ajuda de um especialista. As atitudes imediatas para diminuir o efeito do pensamento acelerado são dormir mais, praticar atividades físicas e incluir o lazer na sua rotina. É sempre importante fazer uma coisa de cada vez e dedicar atenção somente para aquela tarefa.

tecnologia

Depressão, estresse, síndrome do pânico e medo de ficar sem celular são algumas das situações que ocorrem com mais frequência a cada ano que passa. Tudo isso pode estar dentro da síndrome do pensamento acelerado. Foto: cambioculturalredes

Fonte: vivomaissaudavel


Novidades

Topo