Animais

Este é o cão mais caro do mundo. Um filhote pode chegar a 2 milhões de dólares!



Mastim Tibetano é uma antiga raça de trabalho, utilizada pelos pastores nômades do Himalaia e um tradicional cão de guarda dos monastérios tibetanos. É uma raça muito antiga e primitiva, que tem origem nos povos nômades do Tibete, Índia, China e Nepal. É um cão de guarda e companhia, muito protetor, leal, territorial e independente. Mas hoje, este cão, que é absolutamente lindo, se tornou um dos pets mais desejados pelos ricos. Isso porque, um filhote saudável pode chegar a custar cerca de 2 milhões de dólares.

Em 2014 um filhote desta raça foi vendido para um multimilionário Chinês por 2 milhões de dólares e, tornando-se o cão mais caro já vendido no mundo. O dono ricaço provavelmente tem dinheiro sobrando e pôde alimentar seu cão, batizado de “Big Splash” com frango e carne de primeira. O motivo para que um cão chegasse a um preço tão alto ainda é desconhecido. No entanto, esta raça é considerada sagrada no oriente, além disso, funciona como símbolo de status.


A raça Mastim Tibetano é representada por indivíduos que podem apresentar a pelagem de diversas cores: manchados, negros, amarelo, mas, o vermelho é considerada a cor mais sagrada para os orientais, capaz de trazer benção, saúde e proteção para seus donos. Os povos do Tibet creem que as almas dos monges que não eram virtuosos de reencarnar como humanos reencarnavam como estes cães.

Em 2014 um filhote desta raça foi vendido para um multimilionário Chinês por 2 milhões de dólares e, tornando-se o cão mais caro já vendido no mundo. Foto: Reprodução/dailymail

Em 2014 um filhote desta raça foi vendido para um multimilionário Chinês por 2 milhões de dólares e, tornando-se o cão mais caro já vendido no mundo. Foto: Reprodução/dailymail

A expectativa de vida de um mastim tibetano varia de 10 a 14 anos e chegam a maturidade com a idade de 3 a 5 anos. Quanto ao tamanho, os machos podem medir cerca de 66 centímetros e as fêmeas no máximo 61 cm, pesando de 55 a 80 quilos em ambos os sexos. Para quem não quer gastar 2 milhões de dólares para ter um exemplar, existem criadores que garantem uma raça pura com pedigree a partir de três mil reais.

É uma raça muito antiga e primitiva, que tem origem nos povos nômades do Tibete, Índia, China e Nepal. É um cão de guarda e companhia, muito protetor, leal, territorial e independente.  Foto: Reprodução/pinterest

É uma raça muito antiga e primitiva, que tem origem nos povos nômades do Tibete, Índia, China e Nepal. É um cão de guarda e companhia, muito protetor, leal, territorial e independente. Foto: Reprodução/pinterest

Este é um filhote malhado. Quem não gostaria de ter uma coisa linda desas? Foto: Reprodução pinterest

Este é um filhote malhado. Quem não gostaria de ter uma coisa linda desas? Foto: Reprodução/pinterest

Biggest-Tibetan-Mastiff-5

Os povos do Tibet creem que as almas dos monges que não eram virtuosos de reencarnar como humanos reencarnavam como estes cães. Foto: Reprodução/hypescience

Um exemplar brnaco. Lindo de viver! Foto: Reprodução/pinterest

Um exemplar brnaco. Lindo de viver! Foto: Reprodução/pinterest

Para quem não quer gastar 2 milhões de dólares para ter um exemplar, existem criadores que garantem uma raça pura com pedigree a partir de três mil reais. Foto: Reprodução/pinterest

Para quem não quer gastar 2 milhões de dólares para ter um exemplar, existem criadores que garantem uma raça pura com pedigree a partir de três mil reais. Foto: Reprodução/pinterest

Fonte: dailymailmegacurioso e guiaderacas

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.