Curiosidades

Você tem medo de ver sangue? Passa mal?

A hematofobia é caracterizada por um medo excessivo e irracional, ativada pelo estímulo de visualizar sangue. Apesar desse tipo de fobia ser muito comum entre as pessoas, ela é considerada uma patologia. De acordo com o Manual de Diagnóstico Estatística de Transtornos Mentais 4ª edição (DSM-IV), a hematofobia é classificada como um transtorno de ansiedade e um subtipo de fobia do tipo sangue-injeção-ferimentos. Dentre os quadros de fobias, a hematofobia é designada de fobia de tipo específica, ou seja, há um determinado fator desencadeante do medo excessivo.

De acordo com os psiquiatras e psicólogos, o indivíduo que sofre de hematofobia, pode apresentar prejuízos pessoais que podem comprometer seriamente a saúde e, alguns casos, chegam a recusar procedimentos ou internações necessárias com receio de presenciar cenas de sangue. Há também relatos que esse tipo de fobia pode estar associado a outros tipos medos como: fobias de dentistas, médicos ou hospitais. Em alguns casos, a hematofobia também pode ser causada por algum trauma relacionado a uma experiência passada.

Geralmente, o quadro de hematofobia está diretamente associado a uma ansiedade antecipatória, caracterizada por sinais de taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos) e hipertensão (aumento da pressão arterial) que pode durar até 4 minutos, seguido de queda da pressão arterial e da frequência cardíaca juntamente com desconfortos gastrointestinais. A queda repentina pode desconfortos gastrointestinais, podendo até resultar em desmaios.

fobiaalasangre_thumb

Foto: friever

No entanto, apesar da hematofobia ser considerada como uma patologia com sinais e sintomas, há outra ótica muito importante a ser observado. Na visão evolucionista, as reações emotivas podem direcionar um comportamento de fuga ou esquiva, como forma de proteção diante de situações de perigo. Com essa visão evolucionista, a hematofobia é uma reação de resposta natural do organismo humano diante de um perigo iminente em que o indivíduo visualiza sangue.

Fontes:   D'EL REY, Gustavo J. Fonseca; MONTIEL, José Maria. Fobia de sangue-injeção-ferimentos: revisão bibliográfica.   FERENIDOU, Fotini et al. Combined Case of Blood-Injury-Injection Phobia and Social Phobia: Behavior Therapy Management and Effectiveness through Tilt Test.  RAMOS, Renato T. Fobias específicas: classificação baseada na fisiopatologia.  Sites : phobias  Este texto é de autoria da Bióloga Ceila Cintra.

Novidades

Topo