Curiosidades

Se eu fizer licenciatura em Biologia, posso trabalhar com pesquisas e ser cientista?



“Minha dúvida é sobre o curso de biologia: Se eu fizer licenciatura, posso trabalhar com pesquisas e ser cientista?” (Paula Borges)

 Todo curso de licenciatura, incluindo o de Biologia, é voltado para o ensino, ou seja, sua grade curricular é composta por disciplinas pedagógicas que prepararão o aluno para ser professor. Sendo assim, um licenciado em Biologia poderia trabalhar com pesquisas?


Há alguns anos, o Conselho Federal de Biologia considerava que o graduado estaria apto a fazer pesquisas se fossem formados em Ciências Biológicas ou Naturais e tivessem o cadastro no Conselho. Contudo, isso foi modificado.

Em 2012 foi publicada uma nova resolução, RESOLUÇÃO Nº 300, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2012, com a necessidade de estabelecer requisitos mínimos para o Biólogo atuar em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos, pareceres e outras atividades profissionais nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde, Biotecnologia e Produção.

Segundo a Resolução:

Art. 1º Para fins de atuação em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos, pareceres e outras atividades profissionais estabelecidas no art. 3º da Resolução CFBio nº 227/2010, nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e Produção, o egresso que tenha concluído a graduação até dezembro de 2015, nos Cursos especificados no art. 1º da Lei nº 6.684/79, deverá ter cumprido uma carga horária mínima de 2.400 horas de Componentes Curriculares das Ciências Biológicas.

Art. 2º Para fins de atuação em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos, pareceres e outras atividades profissionais estabelecidas no art. 3º da Resolução CFBio nº 227/2010, nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e Produção, o egresso dos Cursos especificados no art. 1º da Lei nº 6.684/79, que concluir a graduação após dezembro de 2015, deverá atender carga horária mínima de 3.200 horas de Componentes Curriculares das Ciências Biológicas.

Mulher-com-dúvida-gramatical

Há alguns anos, o Conselho Federal de Biologia considerava que o graduado estaria apto a fazer pesquisas se fossem formados em Ciências Biológicas ou Naturais e tivessem o cadastro no Conselho. Contudo, isso foi modificado. Foto: hiperativo

Assim, a partir da nova Resolução, os egressos que concluírem o curso depois de dezembro de 2015 terão que ter uma carga horária mínima maior que 2.400 horas, ou seja, é preciso ter 3.200 horas incluindo mais cadeiras voltadas para a pesquisa. E se no seu curso não tiver essa nova carga horária mínima, o biólogo não poderá trabalhar com pesquisa? Sim, poderá, desde que faça uma complementação em uma das áreas especificadas no parágrafo único.

Parágrafo único. O Biólogo que não comprovar as exigências de carga horária e Componentes Curriculares das Ciências Biológicas no Curso de Graduação, conforme previsto no caput deste artigo poderá complementar por meio de Formação Continuada em uma das áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e Produção, conforme especificado na Resolução CFBio nº 227/2010 e no Parecer  CFBio nº 01/2010 – GT Revisão das Áreas de Atuação.

Para esclarecer dúvidas sobre as diferenças entre o bacharelado e licenciatura em Biologia, Leia: Qual a diferença entre Bacharelado e Licenciatura em Biologia. acesse o link: . E para mais informações sobre a profissão de Biólogo acesse o site do Conselho Federal de Biologia.

size_590_jovem-em-duvida

Assim, a partir da nova Resolução, os egressos que concluírem o curso depois de dezembro de 2015 terão que ter uma carga horária mínima maior que 2.400 horas, ou seja, é preciso ter 3.200 horas incluindo mais cadeiras voltadas para a pesquisa. Foto: dorow

Fonte: cfbio

Este texto é de autoria da Bióloga Nayara Castro

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.