Curiosidades

Ótima notícia: Cientistas criam enzima que estanca sangramento melhor do que nosso fator de coagulação

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Washington e publicado recentemente na revista Science Translational Medicine, garante a melhoria de transtornos de coagulação e hemorragias.

A nossa coagulação é feita em forma de cascata – uma proteína (fatores de coagulação) vai agindo depois da outra até que o complexo inteiro ativado forma o coagulo sanguíneo em forma de fibrina que impede a passagem de sangue e reconstrução de nova pele no caso de machucados.


A coagulação sanguínea pode ser afetada geneticamente por alterações no cromossomo X causando uma doença chamada de hemofilia A (quando há deficiência no fator de coagulação VIII) e hemofilia B (quando há deficiência no fator de coagulação IX), a trombose, acidentes graves e hemorragias internas também podem estar associados com as alterações dos fatores de coagulação.

A enzima sintética feita pelos pesquisadores foi chamada de PolySTAT, tem a mesma função que o fator VIII de coagulação. É para ser usada de forma injetável, agindo de forma sistêmica (no organismo inteiro da pessoa) e por isso, age muito rapidamente e de forma bastante eficaz.

herida-pequec3b1a

A nossa coagulação é feita em forma de cascata – uma proteína (fatores de coagulação) vai agindo depois da outra até que o complexo inteiro ativado forma o coagulo sanguíneo em forma de fibrina que impede a passagem de sangue e reconstrução de nova pele no caso de machucados. Foto: herbolarios

Testes realizados em ratos que tiveram suas artérias feridas, concluíram que os ratos que não receberam a enzima PolySTAT perderam 11% mais sangue do que os que receberam a enzima. Os pesquisadores estão confiantes de que com essa substância, pode-se evitar a morte de milhares de pessoas vitimas de emergências sérias de acidentes graves, hemofilia A, tromboses e hemorragias.

Fontes: gizmodo e popsci
Artigo: A synthetic fibrin cross-linking...
Este texto é de autoria da biomédica Tânia Paradinha.

Novidades

Topo