Animais

Duas novas espécies de aranha-pavão são descobertas [vídeo]

Madeline Girard, estudante de pós graduação na Universidade da Califórnia em Berkeley e Jürgen Otto, entomologista especializado em fotografar aracnídeos, descobriram duas novas espécies de aranha-pavão em Queenstown, na Austrália.

As novas aranhas foram apelidadas de “Skeletorus” (nome cientifico: Maratus sceletus) e “Sparklemuffin” (nome científico: Maratus jactatus). A espécie Skeletorus possui corpo preto com marcas brancas, fazendo-a parecer um esqueleto e a espécie Sparklemuffin possui listras azuladas e avermelhadas em seu abdômen.


 O que caracteriza o grupo das aranhas-pavão é a sua forma característica de executar a dança do acasalamento (os machos levantam seu terceiro par de patas e o movimentam rapidamente, além de exibir a parte colorida do seu abdômen – parte chamada de ventilador, as fêmeas observam as cores atentamente para constatarem se eles estão saudáveis e se são da mesma espécie), o seu pequeno tamanho (de 3 a 7 milímetros quando adultos) e as suas cores vibrantes.

aranha3

Macho da espécie Sparklemuffin com seu abdômen listrado com a coloração entre azul e vermelho. Foto: livescience

 A Skeletorus é bem diferente, pois não possui a coloração vibrante, o que faz com que os pesquisadores acreditem que o grupo de aranha-pavão é bem mais diversificado do que eles pensavam.

A primeira aranha pavão foi descoberta em 1.800, e por mais de cem anos ninguém havia descoberto novas espécies do grupo.

aranha

Macho da espécie Skeletorus com seu corpo preto todo listrado de branco. Foto: livescience

Veja que vídeo fofo mostrando outra espécie de aranha-pavão!

Fontes: dailymail e livescience

Este texto é de autoria da biomédica Tânia Paradinha.


Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Novidades

Topo