Curiosidades

Jovem chinês tem um dos pés medindo quase meio metro. Ele calçaria sapato número 63.





O jovem Liu Huichang, de 21 anos desenvolveu uma espécie de inchaço no pé direito que chegou a medir 45 centímetros. Parece pouco, mas isso é quase meio metro e ele usaria sapato com numeração 63 aqui no Brasil (31 nos Estados unidos).

A condição de Liu é conhecida como gigantismo, que é uma doença hormonal causada pela excessiva secreção do hormônio do crescimento durante a idade do crescimento. Mas neste caso apenas seu pé direito foi afetado pela doença. Quando o pé de Liu começou a crescer, ainda com 5 anos de idade seus pais ficaram assustados, mas se recusaram a  amputar o membro com sugeriram os médicos. Os especialistas em ortopedia garantem que nestes casos o tratamento indicado é mesmo a amputação.


Por causa da sua condição Liu, que é aprendiz de sistemas de computação, tem muita dificuldade de arrumar emprego, e somente com ajuda de um professor, conseguiu trabalhar em uma fábrica de embalagens. Seu sonho é poder jogar basquete e usar sapatos normais. Mesmo com a visão prejudicada, sua avó tem fabricado, à mão, sapatos gigantes para o pé doente, desde que Liu era criança.

Agora, Liu está passando por uma série de três cirurgias com o objetivo reparar ao máximo o pé gigante, no entanto, os médicos não garantem que o membro terá um tamanho e forma normais e ainda não há como prever se continuará crescendo.

2815CF9600000578-0-image-a-29_1430216252122

O jovem Liu Huichang, de 21 anos desenvolveu uma espécie de inchaço no pé direito que chegou a medir 45 centímetros. Foto: dailymail

2815D0B500000578-0-image-a-41_1430216880933

Mesmo com a visão prejudicada, sua avó tem fabricado, à mão, sapatos gigantes para o pé doente, desde que Liu era criança. Foto: dailymail

2815D1E900000578-0-image-a-31_1430216354658

Liu está passando por uma série de três cirurgias com o objetivo reparar ao máximo o pé gigante, no entanto, os médicos não garantem que o membro terá um tamanho e forma normais. Foto: dailymail

2815D04900000578-0-image-a-33_1430216520640

Os médicos também não podem prever se o pé continuará crescendo após as cirurgias. Foto: dailymail

Fonte: dailymail

Novidades

Topo