Curiosidades

Por que algumas vezes sentimos dor na barriga ao caminhar ou correr?

“Toda vez que vou correr sinto uma dor na barriga do lado direito. Não é só um incômodo, a dor é tão insuportável que preciso parar na hora e o exercício vai pro ‘beleléu’. O que é isso? preciso ir ao médico?” (Elyara Dos Anjos)

Elyara, uma corrida planejada tem tudo para ser uma hora prazerosa do dia de uma pessoa. A liberação de hormônios causa uma sensação boa e a pessoa fica feliz pelos resultados que ela vem conseguindo com o tempo. Porém uma dor aguda embaixo das costelas pode acabar com toda a magia das frases acima. E ela aparece bem na hora que você está entrando no pique do exercício que está fazendo.


As principais causas da “dor de lado”, que pode ocorrer tanto do lado direito quanto do lado esquerdo, é a respiração de uma forma errada e a má oxigenação do sangue. A respiração pela boca leva à entrada de ar no estômago, promovendo a produção do ácido clorídrico, que causa ardência e sensação de azia. Portanto é sempre importante lembrar de respirar pelo nariz. Respirar muito superficialmente faz com que o diafragma, músculo que separa o tórax do abdômen, contraia e relaxe rápido demais, podendo apresentar um espasmo, uma espécie de cãibra, e daí vêm as dores

Outra causa de dor pode ser o sobrecarregamento do baço, que é um órgão que armazena muito sangue. Quando você inicia a corrida, o sangue se dispersará pelos músculos que estão sendo utilizados para correr. Esse aumento repentino de circulação do sangue pode causar um sobrecarregamento do baço, e uma maneira de evitar que isso aconteça é fazer um aquecimento antes de começar a corrida em si.

Dor-no-abdomen

As principais causas da “dor de lado”, que pode ocorrer tanto do lado direito quanto do lado esquerdo, é a respiração de uma forma errada e a má oxigenação do sangue. Foto: situado

A dor do lado direito pode ainda ser causada por um impacto no fígado. Em uma corrida pode ocorrer uma distensão do tecido que sustenta o fígado, e uma diminuição no ritmo da corrida poderá diminuir a dor substancialmente.

É muito importante seguir algumas indicações para não sofrer nenhuma dor durante os exercícios físicos. Um ritmo mais leve, não correr de estômago cheio, tênis e roupas adequadas a corrida e não carregar peso durante a corrida são algumas dessas indicações. Procure respirar inflando o abdômen, e não erguendo os ombros ou estufando o peito – uma respiração curta que provoca ansiedade e dá pouco fôlego.  Além disso uma regularidade nos exercícios faz com que o corpo se acostume e com o tempo as dores vão diminuindo e até desaparecendo. É sempre bom procurar um profissional da área para a orientação e os exercícios serem feitos corretamente.

Procure respirar inflando o abdômen, e não erguendo os ombros ou estufando o peito - uma respiração curta que provoca ansiedade e dá pouco fôlego. Foto: mundoboaforma

Procure respirar inflando o abdômen, e não erguendo os ombros ou estufando o peito – uma respiração curta que provoca ansiedade e dá pouco fôlego. Foto: mundoboaforma

Fontes: minhavida e corpoacorp

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo