Animais

Cobra se deu mal ao tentar comer centopeia

Cobra se deu mal ao tentar comer centopeia
Esse texto foi útil para você?

A cena não é das mais bonitas de se ver. Cientistas da Macedônia encontraram por acaso, enquanto procuravam algumas espécies de cobras, essa horripilante visão de um jantar. Uma cobra morta, com a cabeça de uma centopeia projetada para fora de seu corpo. Todos concordaram que não é a maneira mais comum de uma cobra morrer e resolveram estudar o caso.

A cobra era uma Víbora de Chifres no Focinho (Vipera ammodytes), que é venenosa e encontrada em parte da Europa e Oriente Médio. Ela é considerada a cobra mais perigosa da Europa, visto que seu veneno é altamente tóxico. Porém ela também é considerada dócil, somente atacando quando provocada. Elas podem atingir até 95 cm de comprimento e se alimentam de lagartos, cobras menores e coelhos, enquanto que os juvenis comem lagartos e uma espécie de centopeia. Sendo assim não é incomum ver essas serpentes ingerindo alimentos perigosos, porém dessa vez parece que esta cobra arrogante subestimou o seu jantar.


A centopeia era da espécie Scolonpedra cingulata, que são consideradas assassinas bastante selvagens, sendo carnívoras oportunistas e comendo tudo o que não é maior do que elas. Quando medidas foi possível verificar que a centopeia tinha 84% do tamanho da cobra, mas as cobras são capazes de comer animais que tem essa proporção ao seu tamanho. O interessante foi que após a dissecção, foi possível ver que a cobra estava com todas as suas vísceras consumidas, e a centopeia estava ocupando o seu corpo inteiro. Portanto a centopeia foi engolida viva, e foi comendo tudo o que encontrava em seu caminho. O ápice foi quando ela estourou o abdômen da cobra, em uma tentativa de liberdade. Porém isso não foi o suficiente, já que a pobre centopeia também morreu, mesmo com a cabeça do lado de fora.

Uma cobra morta, com a cabeça de uma centopeia projetada para fora de seu corpo. Todos concordaram que não é a maneira mais comum de uma cobra morrer e resolveram estudar o caso. Foto: IFLS

Uma cobra morta, com a cabeça de uma centopeia projetada para fora de seu corpo. Todos concordaram que não é a maneira mais comum de uma cobra morrer e resolveram estudar o caso. Foto: IFLS

Fonte: iflscience


Novidades

Topo