Curiosidades

Por que as coisas doces engordam?

“Por que as coisas doces engordam? A gordura eu entendo, por que comendo muito ela pode acumular no organismo, mas e o açúcar?” (Poliana Oliveira)

Ótima pergunta, Poliana! Parece estranho mesmo o açúcar engordar, mas é simples: tudo que ingerimos em excesso vira gordura no nosso corpo! Como você disse, se comermos muita gordura, ela irá se acumular, e isso é válido para todos os alimentos.


Para nos mantermos vivos, precisamos ingerir os 3 tipos essenciais de compostos orgânicos, que são a base de todos os seres vivos:

CARBOIDRATOS: também chamados de açúcares, estão presentes em grãos como o trigo, arroz, milho e em raízes como mandioca e batata. Portanto, massas, pães, bolachas, bolos são ricos em carboidratos, devido a presença da farinha de trigo ou mandioca e do açúcar propriamente dito.

PROTEÍNAS: são as maiores constituintes do corpo, sendo formadoras de quase todas nossas estruturas (membranas celulares, enzimas, hormônios, neurotransmissores, músculos, hemoglobina das hemácias, colágeno e elastina da pele, queratina das unhas e cabelos). Estão presentes nas carnes (que nada mais são do que o músculo do animal), ovos, feijão, castanha de caju entre outros.

LIPÍDIOS: também chamados de ácidos graxos, são as gorduras e óleos. O lipídio mais conhecido é o triglicerídeo, que é a forma de gordura estocada no nosso corpo como reserva de energia para ser usada quando o corpo precisar de energia. Mas existem outros lipídios com funções diferentes, como os esteroides que formam o colesterol, vitamina D e hormônios sexuais. São encontrados em quase todos os alimentos.

fat-man-eating-candy

Parece estranho mesmo o açúcar engordar, mas é simples: tudo que ingerimos em excesso vira gordura no nosso corpo! Foto: neatorama

Os lipídios ingeridos além do necessário diário são estocados como triglicerídeos, formando o tecido adiposo que aparece sob a pele, e também ao redor dos órgãos internos, sendo chamada de gordura visceral. Os carboidratos ingeridos são convertidos em glicose, que é a energia necessária para todas as células do corpo funcionarem. Quando consumimos mais carboidrato do que o necessário, a glicose extra será convertida em glicogênio e estocada. Porém, o glicogênio é um estoque pequeno e de uso rápido, sendo usado em períodos de jejum durante o dia. O corpo armazena apenas 2% da glicose na forma de glicogênio, o restante de glicose será convertido em triglicerídeo e estocada no tecido adiposo.

Já a proteína, por apresentar o nitrogênio em sua molécula, será convertida em ureia (um composto nitrogenado), e então eliminada na urina. Porém, a ingestão em excesso de proteína irá formar, além da ureia, moléculas de ácidos graxos em quantidades suficientes para serem estocadas no tecido adiposo. Como sempre é dito, moderação é tudo, pois tudo que ingerimos em excesso engorda.

article-2238780-02022D3

Como sempre é dito, moderação é tudo, pois tudo que ingerimos em excesso engorda. Foto: dailymail

Fonte: Fundamentos de Bioquímica. GALANTE, Fernanda. 2012.


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo