Curiosidades

Jaxon Strong: O bebê com extrema má formação do cérebro que sobreviveu

Um dia depois de Brandon e Brittany Buell ouvirem que finalmente teriam um bebê menino, foram bombardeados com a notícia de que o médico estava verdadeiramente preocupado com o tamanho e a forma da cabeça do bebê. Os médicos estavam incertos de um diagnóstico preciso e levantaram diferentes causas para o problema, por fim o casal foi encaminhado para um aconselhamento genético.

Mesmo sem saber o diagnóstico correto, o casal desistiu de procurar tratamento, uma vez que a gestação já tinha 23 semanas e não poderia ser feito muita coisa. O casal estava certo de que não iriam abortar o bebê que recebeu o nome de Jaxon. O pai dizia: “Algo dentro de mim, estava me dizendo ‘Não desista de mim’, isso vinha de Jaxon”.


Os médicos prepararam o casal para o pior. Foram informados que o seu filho não poderia sobreviver à gravidez e que se acontecesse, provavelmente não viveria mais que alguns minutos. No entanto, não havia ainda um diagnóstico concreto.

Então, em agosto de 2014 Jaxon veio ao mundo e recebeu o diagnóstico oficial de Lissencefalia, uma doença neurológica rara em que o cérebro não tem as formas, dobras e curvas que deveria. Qualquer pessoa que tenha Lissencefalia apresentam diferentes reações. Alguns morrem cedo. Outros vivem até a vida adulta. E alguns faltam dedos e possuem uma  face assimétrica, o que não é o caso com Jaxon. Os médicos ainda alertaram que o bebê não poderia ouvir, não faria sons, não iria falar e os pais poderiam perder o filho a qualquer momento.

jaxon1

Um dia depois de Brandon e Brittany Buell ouvirem que finalmente teriam um bebê menino, foram bombardeados com a notícia de que o médico estava verdadeiramente preocupada com o tamanho e a forma da cabeça do bebê. Foto: We are Jaxon Strong

Jaxon passou as três primeiras semanas de sua vida na unidade de terapia intensiva neonatal, onde recebeu um tubo de alimentação e testes foram realizados para tentar entender melhor os desafios que o bebê poderia enfrentar.  Finalmente, a família autorizada a levar o bebê para casa e foram instruídos para simplesmente manter Jaxon confortável. Os médicos não acharam que ele iria viver mais que uma semana longe do hospital.

Mas, para surpresa de todos, o menino está bem 7 meses depois de sair do hospital. Os pais dizem que ele é esperto, que pode rolar de um lado para outro na cama e os pais acham que ele será um vitorioso. Os pais fizeram uma página no Facebook  (We are Jaxon Strong) no onde postam diariamente todas  conquistas do bebê.

10670263_217034285155347_1897403619991829998_n

Jaxon passou as três primeiras semanas de sua vida na unidade de terapia intensiva neonatal, onde recebeu um tubo de alimentação e testes foram realizados para tentar entender melhor os desafios que o bebê poderia enfrentar. Foto: We are Jaxon Strong

Sem-Título-1

Mas, para surpresa de todos, o menino está bem 7 meses depois de sair do hospital. Os pais dizem que ele é esperto, que pode rolar de um lado para outro na cama e os pais acham que ele será um vitorioso. Foto: We are Jaxon Strong

jaxon2

Então, em agosto de 2014 Jaxon veio ao mundo e recebeu o diagnóstico oficial de Lissencefalia, uma doença neurológica rara em que o cérebro não tem as formas, dobras e curvas que deveria. Foto: We are Jaxon Strong

Fonte: lifenews e WeAreJaxonStrong


Novidades

Topo