Animais

Os animais se apaixonam?





“Existe amor, paixão entre os animais? Eles podem se apaixonar. Tipo a arara que é monogâmica, tem um único parceiro por toda vida. Elas sentem amor pelos parceiros?” (Cristiana Sousa)

Cristiana, muitos animais, além de algumas aves, são considerados monogâmicos como: lobos, gibões, peixe-frade, térmitas (inseto), dentre muitos outros. A monogamia refere-se a um relacionamento onde o indivíduo tem apenas um parceiro durante alguma parte da vida ou por toda a vida.


Este comportamento é encontrado em pequena porcentagem nos mamíferos, não mais que 5%, excluindo-se o ser humano em que muitos indivíduos são monogâmicos. Mas outros animais também podem ser monogâmicos como foi mencionado inicialmente.

Mas a dúvida é: se os animais monogâmicos ficam com apenas um parceiro por um longo tempo, será que eles amam seus parceiros?

Na verdade, ainda há uma carência de pesquisas que comprovem o amor ou paixão entre os parceiros no reino animal. Mas existem algumas explicações evolutivas para o fato de alguns animais ficarem com apenas um parceiro. O objetivo de vida dos animais sobreviver para gerar descendentes, e é através da reprodução que seu material genético é transmitido para as gerações futuras. Então, em uma população pequena existe mais vantagem em um macho ter relação com apenas uma fêmea e gerar filhotes ao invés de procurar diversas parceiras correndo o risco de não conseguir se reproduzir.

casal-de-araras

O objetivo de vida dos animais sobreviver para gerar descendentes, e é através da reprodução que seu material genético é transmitido para as gerações futuras. Foto: curso

Outro fator considerado positivo na monogamia é os pais dedicarem mais tempo a sua prole, diferentemente se tivessem vários parceiros. Entretanto, nem todos os animais monogâmicos são “fieis”. Através de alguns estudo de DNA foi comprovado que algum desses animais “traíram’’ seus parceiros em algum momento da vida, mas esse fator ainda não foi explicado pelos cientistas.

O Peixe-frade é monogâmico e mantém o mesmo parceiro por toda vida. Foto: subaquatica

O Peixe-frade é monogâmico e mantém o mesmo parceiro por toda vida. Foto: aprenda.bio

 

Fonte: sobiologia e mundodosanimais

Este texto é de autoria da Bióloga Nayara Castro

Novidades

Topo