Curiosidades

Este homem passou 1 mês tomando 10 latinhas de Coca-Cola® por dia. Veja o que aconteceu!





Com o objetivo de comprovar os efeitos nocivos dos refrigerantes no organismo, o inglês George Prior, 50 anos, decidiu manter-se dentro de uma dieta a base de Coca-Cola. A ideia era tomar cerca de 10 latinhas de Coca-Cola®  comum por dia e pode avaliar quais as alterações bioquímicas e físicas que o corpo sofria com o bombardeamento de açúcar contida no refrigerante mais famoso do mundo.

Em apenas 30 dias, George, que tinha um tipo físico atlético, já pode perceber mudanças visíveis do seu físico. A barriga ficou mais saliente e a balança mostrou um aumento de seis kg. Além disso, os exames acusaram um aumento considerável da pressão arterial, que subiu de 12/7 para 14/9.


O açúcar causa uma série de alterações no organismo e aumenta o risco de doenças cardiovasculares; tem alto índice calórico e em quantidades exageradas acumula gorduras, especialmente na região abdominal; pode causar obesidade, diabetes mellitus e aumento da pressão arterial e do nível de triglicérides, potencializando os fatores de risco para o infarto e acidente vascular cerebral (AVC).

Mas o que George considerou mais evidente foi o desejo que o organismo passou a sentir de consumir açúcar. Segundo ele, quando ficava mais que uma hora sem consumir Coca-Cola®  a boca ficava com um gosto amargo, sugerindo que provasse algo doce. Somente quando tomava uma latinha é que se sentia melhor, o que parece provar que não precisa de muito mais que 30 dias para uma pessoa contrair um vício em refrigerante com açúcar.

george

Com o objetivo de comprovar os efeitos nocivos dos refrigerantes no organismo, o inglês George Prior, 50 anos, decidiu manter-se dentro de uma dieta a base de Coca-Cola. Foto: Reprodução/dailymail

Fonte: santalucia e dailymail

 

Novidades

Topo