Curiosidades

Veja cenas completas de um Parto Cesariana (apenas 4 minutos)

Para a realização da cesariana, é feita uma incisão transversal ou longitudinal (solução mais rara) sobre a pele da gestante, acima da linha dos pelos púbicos. São sucessivamente abertos os tecidos na seguinte ordem: Epiderme (tecido epitelial, pavimentoso estratificado e queratinizado), derme (tecido conjuntivo), hipoderme (tecido adiposo) e a aponeurose dos músculos reto abdominais, separados os músculos na linha média e abertos o peritônio parietal, o peritônio visceral e a parede uterina. O próximo tempo é a extração do feto, seguida da retirada da placenta e revisão da cavidade uterina. São então suturados os planos anteriormente incisados.

Dentre os motivos de indicação para realização da cirurgia cesárea no lugar do  parto normal, estão situações de sofrimento fetal agudo, placenta prévia, lesão por herpes ativa no momento do trabalho de parto, prolapso de cordão, feto em posição transversal no momento do parto (mas um feto em apresentação pélvica não é necessariamente motivo de cesariana) e falha de indução quando há indicação de interrupção de gravidez.


cesarea

São sucessivamente abertos os tecidos na seguinte ordem: Epiderme (tecido epitelial, pavimentoso estratificado e queratinizado), derme (tecido conjuntivo), hipoderme (tecido adiposo) e a aponeurose dos músculos reto abdominais, separados os músculos na linha média e abertos o peritônio parietal, o peritônio visceral e a parede uterina. Foto: Reprodução/youtube

Fonte: wikipedia

 

 

 


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo