Animais

Baiacu e Caramancheiro: Duvido que você conquiste o seu amor melhor que eles!



Desconsiderando que estes dois grupos (peixe e ave) pertençam ao mesmo subfilo (vertebrata), eles parecem não ter mais nada em comum. Mas quando diz respeito ao comportamento pré-nupcial eles são bem caprichosos e utilizam técnicas sensacionais de cortejo. Os machos de uma espécie de baiacu comum na costa do Japão esculpem esculturas geométricas circulares na areia do fundo do mar para atrair a fêmea. O Pássaro caramancheiro, nativo da Oceania, coleciona objetos coloridos para enfeitar o seu ninho, pois a fêmea aceita o macho com o ninho mais bonito. É a seleção sexual, baby!

A história de amor do Peixe baiacu

Utilizando suas barbatanas, o baiacu que mede poucos centímetros e vive próximo a ilha de Amami Oshima (entre o Japão e Taiwan) consegue esculpir na areia, no fundo do mar, uma estrutura radialmente simétrica medindo cerca de 6,5 m de diâmetro. A arte consiste de diversas arestas idênticas que se projetam simetricamente a partir do centro. A perfeição é inacreditável e parece mesmo ter sido esculpida por um artista equipado com diversos tipo de ferramentas. O peixinho ainda leva pequenas conchas que ficam dispostas como se quisesse enfeitar o trabalho. Na época de reprodução, o macho trabalha noite e dia nessa escultura que logo será o ninho onde a fêmea irá encontra-lo e no centro serão depositados os ovos.


As fêmeas são atraídas pelo sulcos que funcionam como um caminho para o centro do círculo, pois o fundo do mar é escuro. As fêmeas são capazes de julgar se os sulcos construídos são seguros para seus ovos. Os cientistas acreditam que o centro deste ninho é um local é pouco afetado pelas correntes devido às arestas que desviam o fluxo d’água. Isso protege os ovos e evita que sejam espalhados e fiquem vulneráveis aos predadores. As pequenas conchas certamente funcionam como fontes de nutrientes para os peixinhos assim que saem do ovo.

str2_MINGCIRCLE_D

Utilizando suas barbatanas, o baiacu que mede poucos centímetros e vive próximo a ilha de Amami Oshima (entre o Japão e Taiwan) consegue esculpir na areia, no fundo do mar, uma estrutura radialmente simétrica medindo cerca de 6,5 m de diâmetro.

underwater-mystery-circle-2-580x414

Yoji-Ookata-3

A história de amor do Pássaro caramancheiro

Também induzido por um extinto natural, os caramancheiros (Bowerbird) australianos constroem elaboradas estruturas para atrair fêmeas usando uma diversidade de objetos, geralmente bem coloridos, para deixar o ninho como uma alegoria. Diferente do baiacu escultor, a estrutura funciona apenas como um forma de atrair fêmeas. Depois que acasalam os ninhos enfeitados não servem para mais nada, pois os ovos serão depositados em outro ninho que a fêmea mesmo constrói em um local desconhecido pelo macho.

Para enfeitar o ninho (veja nas fotos) o machos buscam uma grande diversidade de objetos, que incluem sementes coloridas, ossos de pequenos animais, capim e aqueles que vivem próximo às áreas urbanizadas carregam para o ninho canudos, tampas, tecidos, embalagens sempre bem coloridas. O trabalho final é tão incrível quanto o do pequeno baiacu: tudo muito enfeitado e colorido! Em época de reprodução é possível encontrar vários ninhos enfeitados na mata, pois vários machos trabalham duro na competição do “ninho mais bonito”. Segundo especialistas, a cor que mais agrada as fêmeas é o azul!

b7aa635fe08f690c48978e76390f5b2b.640x426x1

Também induzido por um extinto natural, os caramancheiros (Bowerbird) australianos constroem elaboradas estruturas para atrair fêmeas usando uma diversidade de objetos, geralmente bem coloridos, para deixar o ninho como uma alegoria.

3834073224_1d5357fcb2_z

Depois que acasalam os ninhos enfeitados não servem para mais nada, pois os ovos serão depositados em outro ninho que a fêmea mesmo constrói em um local desconhecido pelo macho.

Bower1-1xea8dv

Para enfeitar o ninho (veja nas fotos) o machos buscam uma grande diversidade de objetos, que incluem sementes coloridas, ossos de pequenos animais, capim e aqueles que vivem próximo às áreas urbanizadas carregam para o ninho canudos, tampas, tecidos, embalagens sempre bem coloridas.

cara-de-baiacu-md

Os machos de uma espécie de baiacu comum na costa do Japão esculpem esculturas geométricas circulares na areia do fundo do mar para atrair a fêmea. O Pássaro caramancheiro, nativo da Oceania, coleciona objetos coloridos para enfeitar o seu ninho, pois a fêmea aceita o macho com o ninho mais bonito.

Fonte: Why Evolution is True

 

 

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.