Animais

Ele se recusa a morrer: este cachorro sobreviveu a um acidente de carro e duas eutanásias

Depois de passar por um acidente de carro e de sobreviver a duas doses de injeção letal, o cãozinho sem dono do Alabama foi chamado de Lazarus (lembrando Lázaro que, segundo a Bíblia teria sido ressuscitado por Jesus). Depois de resistir tantas tentativas de leva-lo do mundo dos vivos, finalmente uma organização de resgate a animais encontrou um lar para o cão.

Lazarus teria sofrido um acidente de carro com seus donos anteriores, que segundo seus veterinários, um cão não sobreviveria. Para surpresa de todos, Lazarus, que antes tinha outro nome, foi um sobrevivente. Seus donos se mudaram e não puderam levar o animal, então ele foi colocado para adoção.


 Os documentos divulgados pelo abrigo de animais, mostram que a eutanásia de Lazarus estaria programada para o dia 10 de setembro de 2014. De acordo com os funcionários do abrigo, os cães são “colocados para dormir” se não forem adotados em uma semana. O membro da organização contou o que aconteceu:

 “Naquela noite, o veterinário do abrigo, como de costume, chegou para praticar a eutanásia nos cães que não encontraram um lar dentro do prazo. A injeção letal foi aplicada em todos os cães e todos tiveram suas pulsações cessadas como esperado. Mas um cão em especial mantinha um batimento cardíaco fraco. O veterinário então, aplicou outra dose de injeção letal e registrou nos documentos que o cão, de quatro anos de idade, estava morto. No dia seguinte, quando a equipe chegou para fazer a remoção do cães mortos, perceberam este cão estava vivo, com olhos abertos e a ração que estava na gaiola tinha sido comida. Ele parecia assustado e estava trêmulo, mas estava sentado, vivo e pronto para ser adotado!”

1412428420333_wps_5_10232538

Lazarus teria sofrido um acidente de carro com seus donos anteriores, que segundo seus veterinários, um cão não sobreviveria. Foto: Reprodução/dailymail

Lazarus foi adotado pelo chefe da Two By Two (outra organização de resgate) rapidamente assumiu a responsabilidade pelo cão, que agora, já atende pelo novo nome. Histórias em que não se explicam.

Sem-Título-1

Os documentos divulgados pelo abrigo de animais, mostram que a eutanásia de Lazarus estaria programada para o dia 10 de setembro de 2014. Foto: reprodução/dailymail

1412428449664_wps_7_10232539

Quando a equipe chegou para fazer a remoção do cães mortos, perceberam este cão estava vivo, com olhos abertos e a ração que estava na gaiola tinha sido comida. Ele parecia assustado e estava trêmulo, mas estava sentado e vivo! Foto: Reprodução/dailymail

 

Fonte: viralspell

 


Novidades

Topo