Curiosidades

É verdade que podemos controlar nossos sonhos?

Texto de Raquel Costa – Bióloga

“É verdade que podemos controlar o que sonhamos? Vi em uma palestra que isso é possível” (Diane Barcelos)

 Quem nunca teve aquele sonho maravilhoso, e não desejou ter continuado ou repetido a dose logo após não é? A verdade é que os sonhos têm sido bastante estudados em pesquisas relacionadas ao sono e sim, são utilizadas algumas técnicas para controlar os sonhos.


Mas, que são os sonhos?

De acordo com o neurologista Leandro Teles (USP), do ponto de vista puramente científico, o sonho é uma criação cerebral e fisiológica. Quando a gente dorme, a nossa atividade cerebral vai ficando cada vez mais lenta, ocorre uma redução da percepção do ambiente externo e do relaxamento muscular. Então, na hora do sono, a atividade cerebral se altera. Surge franca atividade cognitiva, várias áreas e funções se ativam, como a memória, emoções, e criatividade. Os olhos passam a se mover de um lado para o outro, mesmo abaixo das pálpebras. É como se o cérebro despertasse para dentro de si. Segundo ainda o Dr. Leandro, os nossos sonhos teriam algumas funções como aprendizado, esquecer algumas coisas que nos aconteceram, que não sejam mais úteis, por exemplo.

dreaming-dreams-26353900-500-370

Quando a gente dorme, a nossa atividade cerebral vai ficando cada vez mais lenta, ocorre uma redução da percepção do ambiente externo e do relaxamento muscular. Foto: Reprodução/fanpop

 

Mas enfim, podemos ‘manipular’ o que sonhamos?

A ‘história’ que acontece nos nossos sonhos, muitas vezes são vestígios de acontecimentos os quais passamos durante o dia. Mas, segundo alguns especialistas, como Deirdre Barrett, professora de Harvard, podemos sim controlar os nossos sonhos. Como por exemplo, segundo Barret, pensar bastante em uma determinada situação antes de dormir, ou também olhar bastante alguma recordação ou foto de uma pessoa falecida.

Outra curiosidade sobre o controle dos sonhos, de acordo com o holandês Frederik van Eeden, foi o conceito de “sonho lúcido” criado há quase 100 anos. Segundo ele “nos sonhos lúcidos, a reintegração das funções psíquicas é tão completa que o sonhador se recorda do dia a dia e de sua própria condição, ele alcança um estado de absoluta consciência e é perfeitamente capaz de direcionar sua atenção ou tentar diferentes atos de livre escolha”.

Porém, os sonhos lúdicos são um pouco raros, mas vale a pena tentar algumas técnicas para se tentar o controle pelo menos em parte de nossos sonhos, especialmente aqueles maravilhosos sonhos em que desejamos seu replay.

mulher-a-dormir

Os sonhos lúdicos são um pouco raros, mas vale a pena tentar algumas técnicas para se tentar o controle pelo menos em parte de nossos sonhos, especialmente aqueles maravilhosos sonhos em que desejamos seu replay. Foto: Reprodução/ciencia

Fontes: Superinteressante, Scientific American Brasil, leandroteles.com


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo