Curiosidades

Atenção meninos! Novo anticoncepcional masculino poderá estar disponível em 2017

Agora não haverá mais desculpas para não se prevenir e, consequentemente, fazer um controle familiar. Pesquisadores desenvolveram um medicamento contraceptivo para homens.

A contrário das pílulas anticoncepcionais utilizados por mulheres, esse novo medicamento é um polímero reversível e não hormonal que atua diretamente nos vasos deferentes, bloqueando-o e impedindo a passagem dos espermatozoides pelos ‘tubos’. Caso o usuário volte atrás da decisão, já se encontra disponível um medicamento com efeito oposto. Uma ótima alternativa para quem não quer fazer a vasectomia (cortar os vasos deferentes), seja por medo, seja por incerteza da decisão radical.


Por ser um processo no qual não leva hormônio em sua fórmula, ele se torna bem mais seguro em relação ao método contraceptivo feminino, que são capazes de aumentar os riscos de problemas cardíacos, pressão alta, náuseas, e até mesmo depressão.

Foram feitos testes em babuínos e os resultados foram ótimos. Depois desses resultados satisfatórios e promissores, os testes do contraceptivo em humanos devem começar em 2015.

O medicamento é em forma de injeção, e apenas uma única injeção seria efetivo por um longo período de tempo (até mesmo anos!). Isso é uma notícia ótimas mas não para as grandes indústrias farmacêuticas, pois as mesmas não têm interesse em medidas preventivas de longa duração- financeiramente, vale mais a pena comercializar a pílula anticoncepcional para mulheres do que um químico que age por anos em homens.

man-contraceptive-pill

A contrário das pílulas anticoncepcionais utilizados por mulheres, esse novo medicamento é um polímero reversível e não hormonal que atua diretamente nos vasos deferentes, bloqueando-o e impedindo a passagem dos espermatozoides pelos ‘tubos’. Foto: Reprodução/womanjournalism

Os desenvolvedores estão continuando as pesquisas (a passos lentos) através de doações, mas por enquanto a ação ainda não encontrou fundos suficientes para arcar com os custos de todos os testes necessários para a comercialização. Caso ocorra como o previsto o medicamento será comercializado no ano de 2017 e promete ser um dos maiores avanços medicinais da história.

anticoncepcional-masculino-existe-pilula

Os desenvolvedores estão continuando as pesquisas (a passos lentos) através de doações, mas por enquanto a ação ainda não encontrou fundos suficientes para arcar com os custos de todos os testes necessários para a comercialização. Foto: Reprodução/consultargratis

Fonte: revistagalileu

Este texto é de autoria do Biólogo Paulo Alex


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo