Visitante Curioso

Por que nossas pupilas contraem e dilatam?

Pupila dilatada: Por que nossas pupilas contraem e dilatam

“Minha dúvida é: Por que nossas pupilas e contraem e dilatam às vezes? Pupila dilatada é sinal de doença?” (Lu Murback)

Lu, a pupila é um componente básico dos olhos, que regula a luminosidade recebida pela retina. Para efetuar o controle de luminosidade recebida, ela se contrai ou dilata, dando mais nitidez as imagens e proporcionando uma melhor visão.

Diariamente, podemos perceber algumas variações de nossas pupilas. Geralmente quando acordamos elas estão aumentadas, isso ocorre por que elas permaneceram por um longo tempo sem receber luminosidade. Já em locais muito escuros, elas se dilatam para que possamos enxergar as imagens com mais clareza. Neste caso podemos perceber que quanto mais tempo permanecemos em ambientes com pouca luminosidade, gradativamente vai ocorrendo uma melhora na nitidez das imagens, fato que ocorre devido à adaptação ao ambiente.




Alguns medicamentos também alteram o funcionamento da pupila. Em consultas oftalmológicas geralmente são aplicados colírios, que dilatam quase que por completo a pupila. Este procedimento é feito para que o médico possa examinar com maior clareza e detectar algumas doenças oculares de difícil visualização. Sensações como nervosismo, excitação e também o uso de alguns tipos de drogas e álcool, também podem causar alterações no funcionamento das pupilas.

Pupila dilatada: Por que nossas pupilas contraem e dilatam

Para efetuar o controle de luminosidade recebida, nossa pupila se contrai ou dilata, dando mais nitidez as imagens e proporcionando uma melhor visão. Foto: Reprodução/clickideia



Quando as pupilas não respondem a estímulos como a presença de luz forte ou apenas dilata de um só lado, possivelmente pode se caracterizar uma lesão cerebral ou alguma forma de pressão no interior da cavidade craniana, caracterizando um problema de mau funcionamento do cérebro. Basicamente podemos dizer que no seu estado normal, em ambientes escuros ela se dilata, permitindo uma maior passagem de luz e possibilitando maior clareza das imagens, já em ambientes muitos claros há a contração da pupila, para proteger a retina da luminosidade em excesso e facilitar a visualização das imagens.

Leitura recomendada: Cérebro em pane e mais 6 razões que fazem uma pessoa ficar com pupilas dilatadas

Fontes: medicinenet e saude

 



Topo