Curiosidades

Por que quando estamos começando a pegar no sono, temos a sensação de estarmos caindo?

“Por que algumas vezes quando estamos começando a pegar no sono, temos aquela sensação de que estamos caindo e tomamos aquele susto danado?” (Paulo Sérgio Vieira)

Paulo, os seres humanos ocupam aproximadamente um terço de suas vidas dormindo. O sono é um estado fisiológico que ocorre de maneira cíclica, podendo sofrer algumas alterações. No entanto, não pode ser evitado, pois, trata-se de um processo biológico indispensável à reparação e manutenção do equilíbrio físico e mental do ser humano.


Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a atividade cerebral não é diminuída durante o sono. Na verdade, durante esse estado fisiológico, o cérebro da pessoa está em atividade diferenciada, podendo ser despertada por estímulos sensoriais ou não.

A sensação de estar caindo quando começamos a dormir, com certeza já foi experimentada por muitos. Curiosamente, os especialistas da área de prática clínica da Medicina do Sono utilizam o termo hypnic jerk(empurrão hípnico) ousleep starts” (começo do sono), para designar esta sensação de queda associada a solavancos no começo do sono. Aqui no Brasil é chamado de “espasmo hípnico“. O hypnic jerk ou sleep starts são caracterizados por breves “empurrões” repentinos, afetando as pernas ou os braços, associados à sensação subjetiva de queda no momento que começamos a dormir. Este fenômeno é totalmente natural e pode ocorrer em indivíduos de ambos os sexos e em qualquer idade, com taxa de 70% de prevalência.

hqdefault

 Foto: Reprodução/youtube

A explicação para a ocorrência do hypnic jerk ou sleep starts está relacionada, provavelmente, ao surgimento de excedentes que se originam na formação reticular do tronco cerebral, ativado pela instabilidade transitória entre sono e vigília (estado em que estamos acordados). A formação reticular é uma estrutura anatômica constituída por uma rede de fibras nervosas que se estende desde a medula espinhal até o cérebro. Assim, é possível ocorrer à contração involuntária (sem a nossa vontade) dos músculos (pernas ou braços) no início do sono, associado ao estado hipnótico que gera a sensação de queda.

Fontes: nosleeplessnights   LOPES, W. S. et al. Sono um fenômeno fisiológico. Resumos dos trabalhos apresentados no IX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e V Encontro Latino Americano de Pós-graduação6.   WALTERS, A. S. Clinical identification of the 
simple sleep-related movement disorders. CHEST Journa.  Este texto é de autoria da Bióloga Ceila Cintra.

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo