Curiosidades

Os astronautas realmente perdem o paladar no espaço?

“Uma vez li que quando os astronautas estão no espaço eles perdem o paladar. Queria saber se isso é verdade e porque acontece.” (William Reichel)

Olá William, sua pergunta não é muito comum, mas é intrigante investigar dados fisiológicos de astronautas, já que o ambiente ao qual se submetem em função das missões espaciais, é bem peculiar.  Confesso que quando li sua pergunta, imaginei que eu não iria encontrar pesquisas científicas publicadas. Mas, surpreendentemente, realizei uma busca na base de dados PUBMED e encontrei alguns artigos científicos envolvendo a questão: astronautas e paladar.


Os estudos envolvendo missões espaciais e paladar referem que as alterações da percepção sensorial gustativa são de extrema relevância, considerando que estas podem servir como indicativo do estado de saúde do astronauta.

Uma pesquisa envolvendo 12 membros de uma tripulação testou as reações e a intensidade das sensações gustativas antes e após tarefas físicas e mentais. Os resultados obtidos demonstraram que após as tarefas, a duração da sensação gustativa de amargo, azedo e doce foi significativamente reduzida em relação a um grupo controle, no qual os indivíduos não foram submetidos a tarefas, ou seja, na ausência de tarefas. O estudo concluiu que as alterações do paladar estão intimamente relacionadas à fatores de estresse e, ressaltam ainda que tal efeito pode influenciar a saúde e a segurança do astronauta em missões espaciais a longo prazo.

AstronautsEatingBurgers

Astronautas montando e comendo hambúrgueres a bordo da ISS em 2007. Foto: reprodução/wikipedia

Assim, podemos perceber que os astronautas não perdem o paladar. As condições de estresse colaboram para uma menor duração da sensação gustativa, ou seja, há uma diminuição da percepção do sabor de um alimento.

Segundo alguns estudiosos da área, há aproximadamente 5 décadas, a ciência tem dedicado grandes esforços no desenvolvimento de uma dieta atraente para tripulações em órbita. Investigadores do setor de Tecnologia Avançada da NASA citam que, apesar dos avanços nesta área, os resultados alcançados ainda não atendem as necessidades para uma viagem a Marte. Possíveis falhas no fornecimento de um adequado alimento podem dificultar o sucesso de uma missão ou ameaçar o desempenho da tripulação.

800px-ISSSpaceFoodOnATray

Bandeja de alimentos, a bordo do ônibus espacial servido em uma bandeja. Observe o uso de ímãs, molas, e velcro para prender os pacotes de talheres e alimentos na bandeja. Foto: Reprodução/nasa

 Fontes: 
COOPER, M.; DOUGLAS, G.; PERCHONOK, M.. Developing 
the NASA Food System for Long?Duration Missions. Journal of food science, v. 76, n. 2, p. R40-R48, 2011.
 RAI, B.; KAUR, J. Mental and physical workload, salivary stress biomarkers and taste perception: Mars desert research station expedition. North American journal of medical sciences, v. 4, n. 11, p. 577, 2012.
Este texto é de Autoria da Bióloga Ceila Cintra

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo