Curiosidades

Mentiras que você já ouviu sobre menstruação!

Devido a quantidade de emails que recebo de meninas fazendo  perguntas sobre menstruação, resolvi fazer este texto (adaptado da Revista Viva Saúde) somente com as mentiras que são ditas sobre este assunto. A impressão que dá é que as mulheres ficam “amaldiçoadas” quando estão menstruadas! Bem, as mulheres menstruam aproximadamente 400 vezes ao longo da vida, dos 12 ou 13 anos até mais ou menos os 50, quando atingem a menopausa. Por mais liberdade que se tenha para falar sobre o assunto e por mais que se tenha acesso a informações ainda existe um sem-número de mitos que vem passando de geração em geração. Hoje você vai descobrir todos eles!

1. A menstruação serve para a mulher limpar o corpo do sangue que não é útil.


Não tem nada a ver. O fluxo perdido durante a menstruação é o sangue usado pelo organismo na preparação do útero para uma possível gestação. Na ausência de gravidez, ele é expelido naturalmente e não apresenta qualquer propriedade de purificação.

2. Não se deve lavar a cabeça durante a menstruação.

 Nessa fase pode-se e deve-se levar uma vida absolutamente normal. Lavar a cabeça na menstruação é  como lavá- la em qualquer outro dia. A mulher também não precisa abrir mão de nadar, dançar ou praticar qualquer outro tipo de esporte.

3. Tomar sorvete ou ingerir bebidas geladas na menstruação pode causar hemorragias.

Outra crendice popular sem qualquer base científica.

4. A mulher menstruada faz desandar receita de bolo e maionese.

É totalmente infundada a crença de que um bolo não cresce e a maionese desanda se forem preparados por uma mulher ‘naqueles dias’. Nem tampouco flores e plantas murcham se tocadas por ela durante o período.

5. Ficar sem relações sexuais altera o ciclo menstrual.

Não faz sentido: a menstruação depende do ciclo hormonal e não das relações sexuais.

6. O sangue menstrual é perigoso para o órgão sexual do homem.

Essa ideia foi criada a partir da mais completa desinformação e possivelmente pelos temores masculinos centrados no conceito de ‘sujeira’. O sangue menstrual nada tem de nocivo. Ou seja, é limpo e puro. Portanto, os contatos sexuais podem ser mantidos no período de sangramento sem que haja qualquer impedimento.

7. Com a chegada da menopausa acaba o desejo sexual da mulher.

O desejo sexual é desencadeado por paixão, sentidos e fantasias e existe em todas as fases da vida de uma pessoa. O fim da menstruação (ou seja, a menopausa) significa apenas que a mulher não pode mais engravidar.

8. Sangue claro na menstruação indica anemia.

Isso quer dizer apenas que a menstruação está descendo devagar ou que o fluxo é menos intenso, misturando-se à secreção vaginal e assumindo uma coloração mais rosada do que vermelha.

9. Mulher grávida pode ficar menstruada.

A menstruação é conseqüência da descamação da camada interna do útero (endométrio), que só acontece quando não houve a fecundação. Em algumas mulheres, a implantação do óvulo no útero pode provocar um pequeno sangramento normalmente confundido com a menstruação (sangramento de implantação). Sangue durante a gestação não é normal e merece atenção médica.

mulher-lavar-cabeca-durante-menstruacao

Pode lavar a cabeça? Sim, lavar a cabeça durante a menstruação é como lavá- la em qualquer outro dia. Foto: Reprodução/diariodebiologia

10. Absorventes internos podem romper o hímen.

O hímen possui uma abertura que permite a passagem do fluxo menstrual e a introdução de um absorvente interno. Se a garota tiver dúvidas, deve ir ao ginecologista para aprender a usá-lo.

11. Absorventes internos provocam câncer.

Uma denúncia que circula pela Internet diz que esses absorventes possuem substâncias cancerígenas que aumentariam o sangramento, obrigando a mulher a comprar maior quantidade do produto. No entanto, o FDA, órgão que controla remédios e alimentos nos Estados Unidos, garante que não passa de boato: os absorventes internos contêm apenas algodão e rayon (polpa de madeira alvejada).

12. Se a mulher ficar nervosa, o sangue menstrual pode subir para a cabeça e deixá-la louca.

Não existe nenhum jeito desse sangue chegar até a cabeça. A depressão e o stress, por outro lado, podem alterar o ciclo menstrual e predispor a cólicas e à tensão pré-menstrual (TPM).

13. Cólicas intensas, sem causa fisiológica, indicam que a mulher está insatisfeita com o parceiro.

A cólica é produzida pela elevação nas taxas de prostaglandinas e não tem relação com a satisfação sexual da mulher, tanto que virgens também podem ter essas dores. Elas costumam ser mais intensas nos ciclos ovulatórios, isto é, nos períodos em que, caso ocorresse relação sexual, haveria maior chance de uma gravidez.

14. A relação sexual pode desencadear a menstruação.

FALSO Qualquer sangramento durante o ato sexual e fora do período menstrual deve ser investigado.

15. Se uma mulher, menstruada pela primeira vez, passar entre dois homens, um deles morrerá.

Essa crença consta do Talmud, um dos livros sagrados do Judaísmo. Mas, como toda superstição, não tem fundamento.

16. Após o fluxo menstrual a mulher deve fazer uma ducha interna.

O fluxo menstrual é limpo. A higiene íntima antes, durante e após o período deve ser a mesma. Não é necessário qualquer processo de ducha, o banho convencional é suficiente. Aliás, duchas em excesso são prejudiciais, pois reduzem a proteção natural da vagina.

17. O sangue menstrual é altamente venenoso.

Antigos povos da Europa imaginavam que o útero produzia uma substância tóxica, a menotoxina. Eliminada com a menstruação, ela seria responsável inclusive pelos sintomas da TPM. A crença é totalmente infundada.

18. A vagina fica mais larga na menstruação.

As paredes da vagina são praticamente unidas e só se afastam quando algo entra ou sai. Durante a menstruação, o sangue escorre pelo canal vaginal, mas não consegue pressionar os músculos para alargar seu diâmetro.

 

Fonte: Revista Viva Saúde

 

 


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo