Curiosidades

É verdade que a casca da laranja pode pegar fogo?



“Por que quando espirramos a casca de laranja no fogo, ele aumenta? A casca de laranja é inflamável?” (Marislene)

Na casca da laranja, quando apertada, expele um líquido viscoso, nele encontra-se uma rica mistura de óleos essenciais. E 90% desta mistura é composta por limonemo. Essa substância é altamente inflamável, mais até que alguns combustíveis fósseis.


Para entender um pouco mais, os óleos essenciais são compostos orgânicos extraídos por destilação a vapor ou por solventes de partes de plantas. São substâncias aromáticas encontradas em frutos, sementes, flores, madeiras e raízes.

O limonemo (de nome químico 4-isopropenil-1-metilcicloexeno), como todo óleo essencial, é da classe dos hidrocarbonetos (no geral, constituídos de carbono e hidrogênio), da família dos terpenos. É um óleo fluído incolor e volátil, que na natureza encontra-se nas cascas das frutas cítricas, especialmente de limões e laranjas, e de alguns pinheiros e eucaliptos. É, inclusive, o responsável pelo forte odor característico desses. Esse elemento é utilizado em indústrias químicas, farmacêuticas e de alimentos.

clareamentodental1

O limonemo (de nome químico 4-isopropenil-1-metilcicloexeno), como todo óleo essencial, é da classe dos hidrocarbonetos (no geral, constituídos de carbono e hidrogênio), da família dos terpenos. Foto: Reprodução/blogkamilagodoy

Se os produtores agroindustriais de compostos de frutas cítricas percebessem que ao gerarem seus resíduos esses poderiam ser reaproveitados totalmente… O Brasil é o maior produtor de laranjas do mundo, porém quase 50% do fruto é descartado e jogado no lixo. Uma forma de reciclar os restos da laranja é torná-la um combustível biodegradável, menos poluente e de baixo custo. Com ponto de inflamação (a temperatura mínima à qual os vapores se inflamam na presença de uma chama) de 45 ?C, o óleo tem o dobro da potência da gasolina!

Limonene

Uma forma de reciclar os restos da laranja é torná-la um combustível biodegradável, menos poluente e de baixo custo. Foto: Reprodução/greenwellness

Fonte: ebah e renabio

 

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.