Aranhas da cidade estão evoluindo e crescendo mais do que aranhas selvagens

Quando você se vê cara a cara com uma aranha, você grita, chama alguém, ou simplesmente corre. Quem tem medo, enxerga a aranha muito maior do que ela realmente é, mas isso pode deixar de não ser uma simples ilusão. Aos aracnofóbicos, temos uma notícia não muito boa: as aranhas das cidades estão se tornando cada vez maiores e com capacidade reprodutiva aumentada, segundo uma pesquisa feita na Austrália.

O estudo foi realizado na costa leste da Austrália, nele verificou que a espécie Nephila plumipes  está se adaptando/evoluindo nas cidades grandes. Quando comparado com a mesma espécie selvagem, nota-se suas fiandeiras (estrutura usada para tecer as teias) e ovários maiores que possibilitam um aumento na capacidade reprodutiva das fêmeas.

A iluminação artificial durante a noite nas cidades, aumentam a oferta de alimento para as aranhas que, sem muitos predadores naturais acabam tendo mais sucesso e se adaptando melhor. A temperatura mais alta nos grandes centros também pode ser um contribuinte. Os especialistas acreditam que essas seriam boas explicações para adaptação/evolução dessas aranhas.

nephila
A espécie Nephila plumipes está se adaptando/evoluindo nas cidades grandes. Quando comparado com a mesma espécie selvagem, nota-se suas fiandeiras e ovários maiores que possibilitam um aumento na capacidade reprodutiva das fêmeas. Foto: Reprodução/arthur_chapman

Mesmo com essa notícia de causar arrepios, não precisa sair por aí tentando acabar com todas elas, pois, assim como outros animais, aranhas são peças fundamentais do ecossistema terrestre. Sem a presença delas, muitos insetos herbívoros se tornariam pragas da agricultura. Em contrapartida, as aranhas servem de alimentos para diversas espécies de pequenos pássaros, anfíbios e répteis.

Há cada vez mais evidências de que a vida da cidade está impulsionando mudanças físicas e biológicas na vida selvagem. Compreender os efeitos da urbanização sobre a vida selvagem é essencial para a manutenção da biodiversidade nas cidades. Ter plantas e animais nativos em nossas cidades não é apenas importante para conservação, é também essencial para a nossa saúde e educação.

ps_Nephila_plumipes_1408604167
A iluminação artificial durante a noite nas cidades, aumentam a oferta de alimento para as aranhas que, sem muitos predadores naturais acabam tendo mais sucesso e se adaptando melhor. Foto: Reprodução/polit

Fonte: livescience

Este texto é de autoria do Biólogo Paulo Alex