Curiosidades

Agora você vai descobrir onde fica a Porta do Inferno

Agora você vai descobrir onde fica a Porta do Inferno
Esse texto foi útil para você?
Texto de João Calafate – Professor de Ciências/ Portugal

Em Darvaza, no Turquemenistão, existe uma cratera de gás natural que foi criada quando um campo e uma plataforma de perfuração de gás natural aluíram em 1971. Esta cratera com 70 metros de largura está situada no meio do deserto de Karakum e é apelidada informalmente pela população local como a “porta do inferno” ou a “porta para o inferno”, uma vez que arde continuamente há 42 anos.

Mas, qual o motivo de o gás natural daquele lugar remoto ter entrado em combustão há mais de 40 anos?


É que uma equipe de cientistas de perfuração da União Soviética decidiu que, depois do colapso da plataforma, o melhor modo de lidar com a grande quantidade de gás metano1 derramado era queimá-lo. Assim, as chamas foram instigadas e na altura os geólogos previram que o metano iria queimar por apenas alguns dias. Contudo, mais de quatro décadas se passaram e o gás natural continua a queimar, iluminando a região circundante por quilômetros durante a noite.

Darvaza-Gas-Crater-in-Turkmenistan-Doorway-to-Hell

É que uma equipe de cientistas de perfuração da União Soviética decidiu que, depois do colapso da plataforma, o melhor modo de lidar com a grande quantidade de gás metano1 derramado era queimá-lo. Foto: Reprodução/digitalalcohol

Este fenômeno “infernal” tem sido uma atração turística, com pessoas de todo o mundo visitando a  aldeia vizinha de Darvaza (que apresenta uma população de apenas cerca de 350 pessoas). Para este fenômeno poder ser visualizado na sua beleza, os grupos turísticos visitam o local ao final do dia, pois o brilho ardente da cratera é mais visível e dramático quando existe pouca luz, ao anoitecer.

81745_990x742-cb1405536552

Este fenômeno “infernal” tem sido uma atração turística, com pessoas de todo o mundo visitando a aldeia vizinha de Darvaza. Foto: Reprodução/nationalgeographic

Confira o vídeo que mostra este fenômeno geofísico

 

 

 

1 O metano é um gás com elevado efeito de estufa, 20 vezes mais do que o dióxido de carbono. Daí que em elevadas quantidades, o seu contato com a atmosfera, como neste caso, ser bastante prejudicial para o meio ambiente.

 

Fonte: ceg

 


Novidades

Topo