Por que suamos frio quando estamos passando mal?

“Queria saber por que ‘suamos frio’ quando estamos passando mal, com queda de pressão, por exemplo,” (William Henrique)

Os seres humanos pertencem ao grupo dos animais que têm a capacidade de manter a temperatura corporal, relativamente de forma estável em relação ao ambiente. Para entender melhor este processo ao qual chamamos de termorregulação, basta imaginarmos aqueles dias bem frios de 5ºC. Apesar de sentirmos que nossa pele está mais fria, a nossa temperatura central estará na média dos 37ºC. Neste processo de termorregulação, a pele do nosso corpo pode funcionar como um isolante térmico (barreira) para manter nosso organismo na temperatura ideal durante períodos de clima frio. Já nos dias de clima quente ou durante esforço físico, para que o nosso corpo não superaqueça em função de temperaturas elevadas, a nossa pele serve como um meio de perda de calor em um processo que conhecemos como transpiração. Em resumo, em uma variação ambiental entre 13ºC e 54ºC a nossa temperatura central varia apenas 0,6ºC.

 Todo este processo de regulação da temperatura central depende da percepção da temperatura ambiental por estruturas presentes em nossa pele, denominados de termoreceptores do sistema sensorial, e de uma área do nosso cérebro denominada de hipotálamo que irá definir o exato ponto do nosso corpo que necessita do controle de temperatura. Além de a termorregulação ser controlada pelo sistema nervoso, há também uma ação conjunta da secreção de hormônios como adrenalina e melatonina.

Agora vamos chegar à resposta da sua pergunta Willian. O suor frio é um tipo de transpiração súbita que não está relacionado ao calor ou esforço físico. O termo médico para suor frio é sudorese e isto acontece como uma resposta de luta ou fuga do corpo, frente a situações de estresse. Como citado anteriormente, a termorregulação é controlada pelo sistema nervoso juntamente com a secreção de hormônios. Por esta razão, as causas da sudorese estão basicamente associadas com a fatores como o medo e a dor.

transpiration-excessive-comment-l-eviter
Foto: Reprodução/cunooz

Há outras causas também do suor frio como a falta de oxigênio e baixo nível de açúcar no sangue, pois, tanto o açúcar como o oxigênio são necessários para o metabolismo do nosso corpo e, consequentemente no processo de termorregulação.

No caso da queda de pressão, o termo utilizado é hipotensão arterial. A pressão arterial representa a força do sangue contra as paredes das artérias sanguíneas (vasos sanguíneos que saem do coração) após ser bombeado pelo coração. Assim, quando há queda da pressão arterial, isso significa que houve uma diminuição da pressão sanguínea contra as artérias. A queda de pressão que é acompanhada de suor frio é denominada de síncope e, normalmente provoca desmaios.

Fontes:  fisio e firstaid    DE MATOS, H. S. J. D. Termorregulação: O Corpo e a Variação de Temperatura. Seminários de integração sobre os aspectos morfofuncionais, de clínica médica e de saúde pública: Santa Catarina, 2005.    Este texto é de Autoria da Bióloga Ceila Cintra